Trabalhar com Inteligência Artificial: oportunidades e desafios para o profissional

Não resta dúvida de que a Inteligência Artificial é um dos assuntos mais quentes da atualidade. Neste post, você entende as oportunidades e desafios para trabalhar com Inteligência Artificial, seu mercado e profissionais interessados na área!

Em dezembro de 2017, a Research and Markets apontou que até 2025 o mercado internacional de Inteligência Artificial (IA) deve crescer 44% e movimentar US$ 23,4 bilhões.

Meses depois, em abril de 2018, um relatório do Sebrae calculou que cerca de US$ 182,5 milhões seriam gastos com Inteligência Artificial naquele ano no Brasil.

O que está por trás desse mercado de inteligencia artificial em expansão, e que tipos de desafios os profissionais dessa área podem esperar? Falaremos um pouco disso agora!

O que é inteligência artificial?

Inteligência Artificial é um campo da Ciência da Computação que estuda e projeta agentes inteligentes.

Essas soluções, desenvolvidas por quem deseja trabalhar com inteligência artificial, são baseadas em software e/ou hardware, e programadas para agir de acordo com o que percebem do ambiente, procurando maximizar suas chances de sucesso.

A área engloba conceitos de matemática, filosofia e economia.

O campo de pesquisa em Inteligência Artificial pode ser dividido em várias sub-áreas, com muita sobreposição entre elas:

  • redes neurais;
  • aprendizado de máquina (learning machine);
  • computação evolutiva;
  • visão computacional;
  • processamento de linguagem natural (NLP);
  • sistemas de tomada de decisão;
  • robótica, entre outras.

Redes neurais são, além de um campo de estudo, uma importante ferramenta utilizada por quem deseja trabalhar com inteligência artificial, em quase todos os seus campos.

Hoje também se fala muito em deep learning, que são redes neurais profundas, ou seja, redes com muitas camadas, que representaram um grande avanço recente na área.

Desafios relacionados para quem deseja trabalhar com inteligência artificial e dicas para superá-los

Por estar em alta, o mercado de inteligencia artificial está em constante e rápida evolução.

Acompanhar as inovações pode ser difícil, e cabe ao profissional que deseja trabalhar com inteligência artificial, manter-se atualizado para não ficar para trás.

Além disso, é importante ter um nível considerável de inglês, já que grande parte do material disponível na área está nessa língua.

Várias plataformas de aprendizado online oferecem cursos que abrem turmas regularmente, como por exemplo edX, Coursera, Udemy, Alura, e Data Science Academy — estes dois últimos com conteúdo completo disponível em português.

Outra dica para quem quer trabalhar com inteligência artificial é acompanhar os principais congressos, onde pesquisadores de universidades e empresas apresentam seus últimos trabalhos. ICML, KDD e GECCO são algumas das mais conhecidas e procuradas.

Quanto à parte prática, existem blogs e YouTubers que se dedicam a apresentar e discutir algoritmos e suas implementações, indicando também as linguagens de programação e bibliotecas mais adequadas para cada problema.

O blog Towards Data Science e o YouTuber Siraj Raval são bons pontos de partida para quem quer aprender mais e trabalhar com inteligência artificial, ampliando seu repertório de soluções baseadas em IA e aprendizado de máquina.

Oportunidades: diversidade de aplicações da IA no mercado

A Inteligência Artificial já é usada em muitas áreas diferentes do mercado e a tendência é que seu uso aumente.

O mercado de inteligencia artificial não se restringe a empresas de tecnologia, embora sejam nestas que sua aplicação esteja mais evidente.

Empresas como Google, Amazon e Facebook investem cada vez mais na área, mas também:

  • escolas;
  • hospitais;
  • empresas da área de finanças;
  • companhias aéreas, etc.

Já existem sistemas que auxiliam médicos em diagnósticos e elaboração de tratamentos, ou podem prever surtos de doenças.

Inteligências guiadas por sistemas de recomendação indicam músicas, séries e filmes para os inúmeros usuários de serviços de streaming — e as companhias buscam melhorá-las não só através do feedback dos próprios usuários, mas também através de concursos de algoritmos em que o vencedor é aquele que conseguir melhorar a acurácia desses sistemas.

Assistentes inteligentes usam algoritmos de processamento de linguagem para compreender mensagens de texto e voz, criando uma interface baseada em diálogo, como é o caso dos chatbots.

Leia também: Chatbot com inteligencia artificial: o que é e como funciona

Sistemas inteligentes também são usados em concessão de empréstimos, empresas de RH, e outros serviços que envolvem análise de milhares de perfis diariamente.

Oportunidades para profissionais

Existem inúmeras oportunidades para o profissional interessado em trabalhar com inteligência artificial.

Engenheiro ou engenheira de dados, engenheiro ou engenheira de machine learning, e analista de inteligência artificial são apenas alguns dos nomes dados aos que trabalham com projeto e implementação de algoritmos de IA.

Para adquirir a experiência necessária, existem sites como o Kaggle que fornecem datasets e criam competições em que o objetivo é programar o melhor algoritmo dado determinado problema.

As oportunidades, no entanto, não se restringem apenas a projetar e implementar algoritmos. Parte importante do processo de resolver um problema usando IA envolve coletar e tratar dados para que a aplicação consiga extrair deles o máximo de informação. Também é preciso avaliar o desempenho e a acurácia do algoritmo.

Além disso, são necessários serviços baseados em nuvem cada vez mais performáticos, que ofereçam armazenamento para dados massivos e desempenho computacional apropriado — ou Artificial Intelligence As a Service — o que sem dúvida ajuda a popularizar o uso de tecnologias baseadas em IA, já que não é necessário ter fisicamente o hardware adequado a aplicações de processamento pesado.

Portanto, para quem tem interesse em trabalhar com inteligência artificial, são muitos os caminhos que podem ser seguidos.

O ideal é sempre praticar, sem perder de vista a teoria. Enquanto cursos fornecem os fundamentos por trás dessa tecnologia, plataformas online já permitem trabalhar com inúmeros tipos de dados, executando algoritmos de IA na nuvem, dispensando o uso de hardware especializado e barateando o processo.

O mercado de inteligencia artificial é um campo capaz a agregar valor às mais diversas frentes do mercado, e cabe ao profissional estar a par das inúmeras possibilidades que ele oferece.

Agora que você conhece as principais oportunidades e desafios para inteligência artificial, que tal se aprofundar no assunto? Confira nosso webinar gratuito sobre IA e chatbots!


livia post oportunidades e desafios para inteligência artificial

Lívia Almeida

Time de IA da Take

 

Leia mais:

Como funciona a inteligência artificial em chatbots?

Conheça os provedores de NLP com mais destaque no mercado

Pra nunca mais se perder: Inteligência Artificial no Google Maps