Chatbot e canais digitais: Saiba como aproveitá-los ao máximo

Os chatbots já causaram diversos impactos nas empresas, como otimização de processos, melhorias no atendimento ao cliente e redução de custos. Mas quando pensamos na relação entre chatbot e canais digitais, que tipo de influência pode acontecer?

Neste post, veremos como aproveitar ao máximo os meios online com o uso de bots, prezando por uma melhor experiência do usuário em ambientes como as redes sociais e os próprios sites das empresas. Confira!

Garanta que o bot tenha conversas personalizadas

Uma das maneiras de gerar mais engajamento com chatbots é por meio de conversas direcionadas às necessidades específicas dos usuários. Com base nas informações que o bot é capaz de coletar, é possível entender a situação da pessoa e indicar a melhor solução para ela.

Por isso é tão vantajoso contar com um chatbot, seja baseado em regras ou com inteligência artificial. Para uma empresa com operações de e-commerce, por exemplo, ele pode ser excelente para auxiliar nas vendas. Nesse caso, uma pessoa pode pedir sugestões segundo certas especificações e receber ofertas de produtos do seu interesse.

Outra medida pertinente para manter conversas customizadas é integrar o bot a um CRM. Dessa maneira, pode-se manter um registro dos contatos e acessar o histórico de compras dos usuários sempre que necessário — uma ótima oportunidade para fazer recomendações de produtos.

Crie uma experiência consistente em diferentes canais

Um chatbot pode estar presente nas redes sociais, dentro de um app da empresa para dispositivos móveis ou no próprio site da organização, apenas para citar alguns. Seja onde for, é fundamental que ofereça uma experiência de qualidade e consistente em qualquer canal.

Isso quer dizer que uma conversa que começou no Messenger pode continuar na janela de chat do site da empresa, sem diferenças no tratamento com o cliente. Pode ser bem frustrante receber um atendimento com uma linguagem informal e despojada em um canal e, depois, lidar com alguém sério e formal em outro.

Além disso, é importante que leads e clientes tenham a opção de se identificar para um bot, para que retomem um assunto que começaram em outro canal ou simplesmente evitem fornecer informações que já passaram para o sistema anteriormente.

Permita que o bot acesse conteúdos já disponíveis

Já que um chatbot é uma ferramenta automatizada de conversação, é de se esperar que ele tenha acesso às informações já disponibilizadas online pela empresa. Sendo assim, em situações em que deve responder dúvidas ou compartilhar informações que possam interessar ao usuário, vale demonstrar que o bot tem conhecimento desse material.

Aqui, o que pode funcionar bem é responder adequadamente ao questionamento do cliente e, logo em seguida, sugerir que ele acesse uma página de FAQ (perguntas frequentes), um blog post ou um conteúdo em outro canal da empresa para obter mais informações, por exemplo.

Elabore campanhas de divulgação do chatbot

Outra maneira de tirar proveito dos canais digitais é divulgando o seu chatbot.

Isso é ótimo para gerar mais engajamento nas redes sociais, especialmente se o bot estiver disponível no sistema de troca de mensagens da própria plataforma. Ao realizar campanhas de publicidade anunciando que os usuários podem testar o seu novo chatbot, você certamente atrairá mais seguidores para essas redes.

Seja qual for o objetivo do bot — entretenimento, atendimento, vendas, pesquisa de mercado, etc —, muitas pessoas ficarão curiosas para conhecer a ferramenta e, eventualmente, vão interagir mais com o perfil da empresa naquela rede.

Prepare seu bot para a captura de leads

Se você tem um ou mais canais digitais voltados para a geração de leads, um chatbot pode ser um excelente aliado.

Imagine que a sua empresa decide lançar um novo produto e disponibiliza uma landing page com informações sobre a novidade. Um bot pode ser integrado à página para tirar dúvidas pontuais que os prospects queiram esclarecer e perguntar se desejam receber em primeira mão algumas informações, como o valor em pré-venda, local do evento de lançamento, prazo de entrega, etc.

Se houver interesse, o software também pode requisitar o e-mail e outros dados para contato. Assim, temos uma maneira bastante eficaz de aproveitar o potencial de um canal para a captura de leads.

Certifique-se que o bot tem uma real utilidade

Vale destacar que implementar um chatbot genérico, e que não acrescente em nada além do que você já oferece em outros canais, não é uma boa ideia. Isso pode gerar a sensação de que os canais digitais da empresa também não são bem desenvolvidos e não ajudam o usuário de verdade.

Sendo assim, procure adotar uma estratégia para o seu chatbot e certifique-se que ele tenha diferenciais que tragam algum tipo de benefício para o público, como:

  • marcação de consulta em um consultório médico;
  • fazer um pedido para o serviço de delivery de um restaurante;
  • quiz interativo para definir o perfil do cliente e fazer recomendações de produtos e serviços a partir do resultado;
  • e mais!

Vimos que existe uma série de boas práticas para aproveitar a combinação entre chatbot e canais digitais, mas o fator indispensável aqui é a qualidade do bot. Para que ele possa, de fato, reforçar a presença digital da empresa, é preciso ser funcional e alinhado aos seus objetivos.

Por isso, se você quer aprimorar os resultados do seu negócio, avalie a contratação de uma empresa especializada em chatbots para auxiliar na otimização dos canais digitais. Lembre-se que estamos à disposição para entender as necessidades da sua organização. Fique à vontade para conversar com a gente!

 

rodapé experiência do cliente chatbot e canais digitais