Chatbots: conceitos básicos para a construção gratuita da sua solução

Construir um chatbot grátis já é uma realidade, e você pode criar o seu hoje. Conheça as ferramentas necessárias para fazer isso acontecer!

 

Chatbot é a moda da vez. Todo mundo fala disso e  todo mundo quer ter um “robozinho” no chat. E se o chatbot for no WhatsApp? Vish, aí que a galera fica doida.

Embora os chatbots estejam na boca do povo e sejam cada vez mais utilizados no meio corporativo, poucas pessoas realmente sabem o seu conceito, quais são as suas aplicações e os métodos de construção.  

Neste artigo, faremos uma explanação geral sobre o mundo dos chatbots, abordando sobre o seu conceito, principais tipos e como a sua construção, dependendo do nível de complexidade, pode ser feita de forma gratuita. Acompanhe e entenda mais sobre o tema. Boa leitura!

Afinal, o que é chatbot?

Também conhecidos como contatos inteligentes em uma conceituação mais ampla, os chatbots são softwares que atuam dentro de canais e/ou aplicativos de mensagens, como por exemplo o WhatsApp, Messenger (Facebook), Skype, Telegram, SMS e e-mail.

Se fizermos uma separação da palavra (chat + bot) e seus respectivos significados, conseguimos compreender o seu real significado e aplicação. Sendo assim, chat é o mecanismo que possibilita a comunicação à distância através de canais de mensageria — enquanto bot é um mecanismo que possui aplicações autônomas que executam algum tipo de ação ou tarefa pré-determinada.

chatbot grátis demonstração

Os chatbots são soluções em canais de mensageria que têm a capacidade de orientar e solucionar as dificuldades dos usuários, seja através de um fluxo automatizado de conversas ou com a interação com humanos. E eles não se limitam somente ao tráfego de textos, mas também outros tipos de mídias, como áudios e imagens.

A aplicação dos chatbots pode suprir várias necessidades das empresas, como por exemplo: suporte ao usuário, atendimento ao cliente, engajamento e ações de entretenimento. Um ponto importante a ser enfatizado é que de acordo com a necessidade do chatbot, existe a necessidade de escolher o tipo mais aderente ao projeto.

Principais tipos de chatbots

Agora que já sabemos o que faz um chatbot, é necessário definir quais dos três tipos será utilizado para sua respectiva construção.

Chatbots estruturados

Também conhecidos como chatbots baseados em regras, eles funcionam mediante ações e comandos previamente pensados. Todas as suas “habilidades” usam como referência árvores de decisões e/ou fluxos de navegação.

O seu funcionamento se dá através de comandos específicos ou palavras-chaves. Caso o chatbot não esteja configurado para uma determinada ação ou mensagem, ele não saberá como agir —?são mais limitados.

Chatbots baseados em inteligência artificial

Tem a habilidade de compreender o que o usuário deseja expressar tomando como referência o que foi escrito ou perguntado. Estes chatbots não estão limitados somente a regras pré-estabelecidas e conseguem entender a linguagem natural dos usuários com base nas variações possíveis.

De forma direta, quanto mais pessoas usam o chatbot, mais insumos você terá para torná-lo mais inteligente. Isto porque o modelo de inteligência artificial pode ser continuamente aprimorado de acordo com os inputs dos usuários.

Chatbots híbridos

É o tipo de chatbot mais utilizado, uma vez que ele é a fusão dos dois modelos colocados anteriormente. Os chatbots híbridos possuem parte do fluxo de forma estruturada e outros pontos com o uso da inteligência artificial.

Esta categoria é a mais indicada porque, na sua grande maioria, existem assuntos que são facilmente solucionados com a aplicação de um fluxo estruturado — sendo necessária a aplicação da inteligência artificial em alguns pontos específicos.

Construção: compreenda a plataforma de mensagens que deseja usar

Antes mesmo de pensar no desenvolvimento do chatbot, é necessário entender a plataforma de mensagens que você pretende utilizar. Este ponto é importante para validar se a plataforma disponibiliza APIs para interação com seus serviços e, consequentemente, ser possível a criação de um chatbot grátis.

Hoje em dia, praticamente todas as principais plataformas de mensageria disponibilizam suas APIs para que seja possível a criação dos chatbots. Podemos destacar canais como o WhatsApp, Facebook Messenger, Google Assistant e Skype em que é possível criar este tipo de solução.

Na prática, como consigo construir um chatbot grátis?

De forma simplificada, existem duas formas de desenvolver um chatbot — uma integralmente através de linguagens de programação e outra utilizando plataformas próprias para construção deste tipo de solução.

No primeiro caso, praticamente todas as linguagens de programação podem ser utilizadas para a construção do chatbot. Ao possuir uma API do canal de mensagens que deseja utilizar, você poderá manipular as requisições de forma a construir sua solução.

As plataformas não evitam a densa parte de programação do chatbot, mas otimizam, e muito, este processo. A plataforma criada pela Take, o BLiP, por exemplo, possui uma interface limpa, amigável e de fácil entendimento para que a construção e manutenção do chatbot seja feita por pessoas que não possuem denso conhecimento técnico de linguagens de programação.

O Builder é um dos módulos do BLiP que foi desenhado para permitir a construção e manutenção de chatbots de forma rápida, simples, visual e sem a necessidade de conhecimento técnico aprofundado.

Para entendimento do funcionamento do builder, é necessário compreender alguns conceitos fundamentais deste módulo:

  • Control blocks: São os blocos padrões da ferramenta, sendo eles o bloco de “Início” e “Exceção”. Eles não são passíveis de exclusão e representam o início da conversa entre o usuário e o chatbot (bloco de Início) e qualquer comportamento não esperado pelo fluxo (bloco Exceção).
  • Transitions (arrows): São componentes visuais para o entendimento do fluxo. As suas indicações são representadas de acordo com as condições determinadas nos blocos do builder.
  • Content blocks: Blocos customizáveis pelo usuário de acordo com o conteúdo ou ação à ser executada no ponto do fluxo que o bloco se encontra.
  • Customer service block: Utilizado para transferir a conversa do builder para o atendimento humano via BLiP Desk.

chatbot grátis blip builder

Dependendo do projeto, quanto preciso pagar para fazer um chatbot?

Você não precisa nada mais do que tempo para construir um chatbot simples no Builder do BLiP. Apesar da analogia de que tempo é dinheiro, o desenvolvimento da sua solução poderá ser feito via linguagem de programação (códigos), ou no BLiP de maneira gratuita.

Embora seja algo possível de ser feito por qualquer um, alguns projetos de chatbots podem ser complexos e contar com diversas integrações, como o uso de inteligência artificial, analytics para bots e outros itens que fomentam a necessidade de profissionais especializados.

Construir um chatbot não é difícil. Difícil mesmo é construir um bom chatbot. Para isto, considere a possibilidade de contar com o apoio de empresas especializadas neste assunto — como é o caso da Take.


lucas post metodologia de gestão de projetos para chatbots

Lucas Alves

Product Manager na Take

 

Leia mais:

Ebook Chatbots: como eles irão revolucionar o seu negócio

O que é plataforma de chatbots? Conheça as vantagens da ferramenta!

Descubra como ganhar dinheiro com o seu chatbot!