Como usar chatbot para captar leads, qualificá-los e convertê-los

chatbot leads

É muito comum vincular o uso de bots ao atendimento ao cliente, mas a verdade é que eles vão muito além disso. Existem muitas outras aplicações responsáveis por auxiliar os processos de um negócio, e um chatbot para captação de leads é um excelente exemplo.
Por isso, neste post, vamos te contar como essa ferramenta funciona na captura de informações de usuários interessados nas suas soluções e como o chatbot para leads pode ajudar na geração desses contatos qualificados. Acompanhe!

Importância dos leads qualificados

De acordo com o Inbound Marketing, leads qualificados são potenciais clientes com as seguintes características:

  • já tiveram algum tipo de contato com a sua empresa (baixaram um dos seus conteúdos, assinaram sua newsletter, se inscreveram para um webinar, etc);
  • consequentemente, têm dados de contatos cadastrados em alguma base de dados ou CRM da empresa;
  • estão próximos do fundo do funil de vendas, se encaixando no seu perfil de cliente ideal e demonstrando interesse nos seus produtos ou serviços;

Para distingui-los dos leads comuns, é essencial ter um conhecimento profundo sobre os objetivos do negócio.
Dessa forma, é possível estabelecer critérios de priorização de leads, identificando aqueles que, de fato, apresentam potencial para fechar uma compra.

Como funciona um chatbot para captação de leads?

Como dito acima, os chatbots geralmente são entendidos como assistentes que automatizam o atendimento aos clientes. No entanto, muita gente ainda não conhece suas demais funcionalidades, em especial para a geração de leads por chatbot.
A partir do momento que uma pessoa interage com o seu bot, você já é capaz de obter algumas informações sobre ela e, mais importante, contatá-la diretamente. Ela se torna mais que um lead; se torna um amigo!
Em essência, um chatbot preparado para a captação de leads é aquele que consegue adquirir dados de contato do usuário e garantir permissão para a empresa se comunicar com ele no futuro (opt-in). Isso já pode acontecer diretamente pela interface de chat.
Para promover essa captura, o chatbot para leads pode tanto ser baseado em regras, quanto dotado de inteligência artificial.
Leia mais em: O que é inteligência artificial e qual sua relação com os chatbots?
O primeiro tipo de chatbot para lead pode ser programado para pedir mais informações do usuário após um certo número de respostas ou após determinado tempo de conversa ativa.
Já o segundo tipo pode, a partir do aprimoramento do chatbot, avaliar o grau de interesse da pessoa segundo certos critérios e requisitar informações de contato apenas quando julgar que faz sentido. Tudo isso por meio de um funil de vendas a partir do chatbot. 
Se você ainda não sabia como essa inovação tecnológica atual pode ser importante para aumentar suas conversões, precisa acompanhar este texto até o fim.
Entre outras coisas, mostraremos 4 maneiras de usar os chatbots para leads, melhorando a geração, qualificação e comunicação com eles. Confira a seguir!

1. Oferta de conteúdos

Conteúdos de boa qualidade e úteis para um público-alvo são sempre boas iscas para atrair e converter leads, certo?
Os chatbots para gerar leads entram nessa história para aproveitar as vantagens dos aplicativos de mensagens, como o Facebook Messenger, Telegram, Skype e Whatsapp, e enviar esses conteúdos à sua base de “amigos”, ou seja, de pessoas que interagiram com seu bot em algum momento.
Dessa maneira, o público não precisa ter o trabalho de acessar seu site ou blog para conferir as últimas postagens, tornando a comunicação mais interativa, pessoal e direta.
Por exemplo, você pode criar um fluxo de envio de conteúdos para seus leads no chatbot para obter mais informações sobre eles assim que baixarem um e-book.
Nesse fluxo, cada pessoa que acessar um certo número de conteúdos enviados pelo bot receberá uma oferta gratuita para fazer o download do e-book.

2. Cadastro de visitantes

É a partir daí que a conversão de leads do chatbot começa, e pode ser feita de duas maneiras para os seguidores:

  1. Enviando-os a uma landing page com um formulário para preenchimento dos dados necessários para fazer o download do material (a princípio, nome e e-mail podem ser suficientes).
  2. Fazendo a coleta de dados do lead por meio do chatbot dentro do próprio app de mensagem. Ele pode ser configurado para fazer certas perguntas ou solicitações antes de liberar um botão para download do e-book, como o pedido por nomes e e-mails dos seguidores.

O segundo caminho é mais ágil e fácil para o público, já que ele não precisa sair do app para concluir a ação.

3. Criação de fluxos segmentados de conversação

Um dos grandes benefícios dos chatbots é sua capacidade de evoluir a partir do histórico das interações feitas com o público.
Seja por meio de menus pré-programados ou de conversas abertas com o suporte de inteligência artificial, o aprendizado dos bots é muito importante para personalizar o contato com os leads.
Exemplo: um e-commerce que vende celulares, video games e computadores pode, ao cadastrar novos leads, perguntar aos contatos os tipos de conteúdos e ofertas que gostariam de receber periodicamente. Um novo lead pode selecionar a opção celulares e, depois, as opções iPhone e Samsung Galaxy para receber materiais relacionados somente a esses dois modelos.
Isso ajuda a criar um filtro inicial para suas campanhas, tornando-as mais assertivas e mantendo os leads no chatbot, interessados em continuar o relacionamento com sua empresa.

4. Envio de mais conteúdos para nutrir seus leads

A partir do momento em que os visitantes se tornam leads, eles precisam ser nutridos até se tornarem mais maduros na jornada de compra e serem entregues à fase de vendas.
Esse processo também é conhecido como qualificação de leads.
Basicamente, a ideia é enviar conteúdos mais e mais aprofundados sobre um tema de preferência do lead.
O objetivo é desenvolver nele o interesse de compra, coletar mais dados pessoais e avançá-lo no funil de vendas pelo chatbot.
O exemplo usado no tópico anterior — leads interessados em conteúdos sobre os aparelhos da Apple e da Samsung —, ajuda a ilustrar esse cenário: imagine que, a cada três conteúdos consumidos, o bot solicite mais uma informação adicional ao lead. Pode ser gênero, localização, faixa de preço ideal para a compra de um smartphone, entre outros dados que ajudem sua equipe de marketing a programar uma oferta que seja a cara do potencial cliente.
Os chatbots conseguem melhorar a geração de leads porque eles gerenciam conversas mais inteligentes entre as empresas e os clientes.
Sem precisar sair do seu app de mensagem favorito, as pessoas podem consumir seus conteúdos preferidos, se converter em leads e qualificar sua posição no funil de vendas dentro do chatbot.
Você tinha ideia de como os chatbots seriam úteis para uma estratégia de geração de leads?

Como um bot pode ajudar a gerar leads qualificados?

Listamos abaixo as três principais maneiras de um chatbot auxiliar na geração de leads qualificados. Confira:

Respondendo dúvidas

Implemente um chatbot capaz de responder com eficiência as dúvidas das pessoas. Dessa forma, será mais fácil entender em que momento elas estão em sua jornada de compra, criando uma estratégia de funil de vendas no chatbot.

Estabelecendo um diálogo coerente

Não permita que o bot trate usuários que já conhecem sua empresa como desconhecidos. Certifique-se que o diálogo seja coerente com o grau de conhecimento que eles têm sobre seus produtos e serviços. Só assim o chatbot conseguirá guiar, com efetividade, o potencial cliente pelo funil de vendas.

Oferecendo conteúdos de qualidade

Preenchendo esses dois requisitos e rastreando padrões que definam em qual estágio do funil os usuários se encontram, o software pode nutri-los com conteúdos de qualidade.
A ideia é enviar materiais relevantes e informativos, de forma a educá-los sobre a sua área de atuação e as vantagens das suas soluções, para influenciar em uma decisão de compra.
Portanto, para obter os melhores resultados com um chatbot para captação de leads, o ideal é procurar uma empresa especializada para te ajudar nessa implementação. É com essa parceria que você terá um bot funcional e orientado à geração de novas oportunidades para o seu negócio.
Quer entender melhor como os bots funcionam? Vem falar com a gente pelo chatbot da Take!

Leia mais:

Como divulgar o seu chatbot?

Métricas de chatbots: Por que e quais taxas acompanhar

Chatbot e gestão de projetos: Como se relacionam?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: