Como e por que fazer a integração de chatbots a outras plataformas?

integração de chatbots

A integração de chatbots com outros sistemas é fundamental para que empresas possam explorar o potencial desse tipo de ferramenta em sua totalidade.

Todo chatbot existe para cumprir um propósito, que pode ir desde a automação do atendimento até o treinamento de funcionários recém-chegados em uma empresa. Mas, para agilizar os processos, é interessante que ele consiga se comunicar diretamente com sistemas como CRMs, ERPs e plataformas de automação de marketing.

Neste artigo, vamos explicar por que é decisivo fazer a integração de chatbots a outros sistemas e plataformas, e como isso deve ser realizado. Confira!

Por que fazer a integração de chatbots?

Um chatbot é uma interface que automatiza a comunicação entre um usuário e uma empresa. Em vez de navegar por páginas, conversar pelo telefone com pessoas físicas ou vasculhar conteúdos em busca de respostas, é possível realizar as solicitações em mensagens de texto e ser respondido de forma imediata e precisa.

Mas para saber como dialogar com os seus usuários, um chatbot deve ser alimentado com dados relevantes ao seu propósito, além da construção de uma lógica que permita que ele compreenda o que está sendo demandado.

Ainda que seja possível inserir esses dados diretamente no banco de um chatbot específico, ele será bem mais eficaz se estiver integrado a um sistema dinâmico externo, como CRM ou ERP.

Quando um chatbot que vende pizzas é integrado com o CRM, ele consegue utilizar informações cadastradas sobre os clientes para gerar um atendimento personalizado, perguntando se o consumidor deseja os mesmos sabores e uma entrega no mesmo endereço, por exemplo.

Essa comunicação também é feita no sentido contrário: o chatbot pode levar dados para o CRM da empresa, ampliando a sua inteligência em relação aos seus clientes.

O mesmo raciocínio vale para integrações com outras plataformas, como um ERP ou uma plataforma de marketing digital, em que o chatbot servirá tanto para nutrir leads com conteúdos e informações relevantes como para coletar dados sobre cada cliente.

Como integrar chatbots a outras plataformas?

Tanto os chatbots como os sistemas aos quais eles serão integrados já podem ser projetados com essa integração em mente — especialmente quando falamos de ferramentas de qualidade.

Mas, antes de pedir a integração ao time técnico, é fundamental esclarecer o que deverá ser integrado e de que forma os dados serão tratados na interação entre as diferentes plataformas.

Portanto, é interessante especificar um formato padrão compartilhado para o armazenamento e inserção de dados e um sistema lógico de organização. Isso impedirá que os dados coletados de diferentes fontes tenham variações que possam desordenar o banco.

Além disso, também é interessante definir estrategicamente quais serão os objetivos do chatbot em relação à integração. Como já foi dito, cada chatbot serve a um único propósito e é fundamental que o sistema ao qual ele será integrado tenha uma relação direta com o seu escopo.

Um chatbot de pós-vendas, por exemplo, pode entregar informações de suporte aos clientes e, quando confrontado com uma dúvida que desconhece, deve acionar um atendente humano que poderá inserir a possível resposta em uma base de conhecimento unificada.

Depois que essas definições são realizadas, é hora de fazer a integração na prática. E a dica aqui é sempre realizar testes com audiências limitadas antes de colocar o sistema para rodar com o público final, para descobrir possíveis bugs ou falhas.

Agora que você já sabe como e por que realizar a integração de chatbots a outras ferramentas, que tal conversar com quem mais entende do assunto? Entre em contato com a Take e aprenda mais sobre o funcionamento dessa sistema!

 

banner blip integração de chatbots

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: