Como treinar um chatbot para atuar na estratégia de sua empresa?

chatbot na estratégia

Assim como nós precisamos de estímulos e experiências para aprendermos como o mundo funciona, os softwares precisam de uma preparação para formarem um repertório antes de executarem suas atividades. Por isso, a etapa de treinar um chatbot é tão importante durante o desenvolvimento desse tipo de solução.

Neste post, vamos entender exatamente o conceito do treinamento de bots, qual é a sua relevância e quais medidas você pode tomar para realizar esse processo com o seu chatbot. Acompanhe!

O que significa treinar um chatbot?

Quando falamos em treinar um chatbot, estamos nos referindo à tarefa de fornecer inputs pertinentes à finalidade dele, para que ele aprenda por meio de exemplos o que certas questões ou requisições querem dizer.

Imagine que a sua empresa deseje implementar um chatbot voltado para atendimento ao cliente. É essencial entender qual é a intenção do pedido do usuário e sobre quais entidades (pessoas, locais, conceitos, objetos, produtos, etc) ele está falando.

Como não é possível programar o bot para simplesmente entender todas as solicitações possíveis, devemos realizar o treinamento para alimentá-lo com dados e conteúdo suficientes para que ele reconheça, pelo menos, as informações com maior probabilidade de aparecer.

Por que o treinamento de bots é importante?

A fase de treinamento é o que vai proporcionar uma qualidade maior ao seu chatbot. É por meio dela que vamos ensinar como o bot vai se “comportar” e avaliar que tipos de erros de compreensão ou de resposta ele pode vir a apresentar.

A ideia é equipar sua base de conhecimento (intenções, entidades e exemplos de possíveis frases) e montar seu conteúdo para que ele esteja preparado para lidar adequadamente com as próximas perguntas que receber, com o mínimo de falhas de comunicação.

Assim, a cada novo pedido que chegar, seu algoritmo fará cálculos complexos para procurar a correlação entre os dados captados e as informações que ele já tem, fornecendo a melhor resposta possível.

Quais são as técnicas de treinamento de chatbots?

Agora que você já sabe a importância de treinar um chatbot, vamos ver algumas das principais maneiras de fazer isso.

Dados disponíveis na web

A maneira mais simples de treinar o bot é usando dados disponibilizados na web. É possível encontrar conjuntos de dados (datasets) específicos para chatbots gratuitamente na rede, para as mais diversas finalidades.

Dados internos da empresa

Quanto mais próximos da realidade forem os dados de treinamento, melhor será o desempenho do seu chatbot. Por isso, se o call center da sua organização tiver as interações com clientes arquivadas, pode ser uma oportunidade de “instruir” o sistema com um dataset extremamente relevante para as funções que ele vai exercer.

Dados de interação com o próprio chatbot

Depois de fazer todos os testes e ajustes e colocar o bot no ar, garantir a qualidade do software é um trabalho constante. Por isso, certifique-se de incluir um método para que os próprios usuários avaliem o serviço do chatbot. Assim, você pode seguir otimizando a aplicação, mantendo a excelência do atendimento e conquistando cada vez mais clientes por esse canal.

Gostou do nosso post? Notou como treinar um chatbot é fundamental para o sucesso da estratégia da sua empresa? Então fale com a gente para implementar o seu!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: