Chatbots e os desafios do CIO: Disponibilidade e Estabilidade

Para quem não está acompanhando essa série de artigos desde o início, estamos discutindo alguns desafios que as pessoas que ocupam o cargo de CIO enfrentam durante a implementação de projetos de bots, principalmente em grandes empresas. E o tema de hoje será a disponibilidade e estabilidade de chatbots.

Como já discutimos, os chatbots são ferramentas transformadoras na criação de um modelo novo de comunicação com os consumidores. Tratam-se de ferramentas que incorporam uma mudança perceptível na cultura das pessoas (a comunicação por mensagens) aos avanços da tecnologia provocados principalmente pela Inteligência Artificial.

Em sua metodologia de pesquisa Hype Cycle, o Gartner demonstra de forma gráfica a evolução da maturidade e adoção das tecnologias. Nele podemos perceber que, quando um potencial avanço tecnológico surge, normalmente ele chama a atenção de todo o mercado e gera um elevado grau de expectativa, muitas vezes exagerado. Após um período de desilusão provocado por implementações fracassadas, a tecnologia alcança para o nível de adoção em massa e passa a apresentar aplicações de relevância para o mercado.

estabilidade de chatbots hype cycle gartner

Onde estão os chatbots no ciclo de hype da Gartner

O chatbot, que está no final da etapa Innovation Trigger, vem passando por um período intenso de transformações. Novas tecnologias e metodologias de desenvolvimento surgem a cada dia, causando uma onda de inovações que, muitas vezes, ainda não estão estáveis o suficiente para serem aplicadas em grande escala.

Por conta disso, o assunto disponibilidade e escalabilidade passa a ser crítico em implementações de grandes corporações. Uma vez que o chatbot está se tornando o principal canal de comunicação entre a empresa e seus consumidores, torna-se essencial adotar uma solução robusta, capaz de atender não apenas os requisitos funcionais do projeto, mas principalmente os não funcionais.

Qual a relação entre disponibilidade e estabilidade de chatbots?

De acordo com o modelo ITIL, a disponibilidade é a habilidade de um sistema de desempenhar a sua função acordada quando requerido. A disponibilidade é determinada pela confiabilidade, sustentabilidade, funcionalidade do serviço, desempenho e segurança. Já a escalabilidade é a habilidade desse sistema realizar a sua função acordada quando a carga de trabalho se altera.

No caso de chatbots, o cenário mais comum é de implementações que são desenvolvidas sobre várias plataformas e serviços contratados em nuvem. Ou seja, o setor de TI, responsável por garantir a qualidade da solução, é obrigado a manter contrato de níveis de serviço (SLA ou Service Level Agreement) com diversas empresas e resolver demandas distintas com cada uma delas separadamente.

Essa falta de coordenação entre os fornecedores e de um ponto único de controle afeta diretamente a disponibilidade e escalabilidade do chatbot. Por outro lado, adotar um único fornecedor impõe restrições na velocidade e capacidade de evolução do chatbot (como veremos mais à frente no artigo sobre Velocidade e Flexibilidade).

Neste cenário, torna-se essencial adotar uma estratégia que permita trabalhar com soluções de diferentes empresas, mas que possam ser gerenciadas e orquestradas através de um único ponto de controle que seja escalável e que atenda aos mais altos níveis de disponibilidade, sempre suportado por acordos de SLA e com suporte especializado.

Conheça uma plataforma de chatbots que pode ajudar

O BLiP é a plataforma completa para construção, gestão e evolução dos seus chatbots em um único lugar. Ele garante total controle sobre todos os projetos de bots da empresa, ao mesmo tempo em que oferece autonomia para cada área desenvolver e evoluir seu próprio chatbot.

O BLiP é o resultado de 19 anos de evolução da plataforma de mensagens da Take, empresa de destaque no mercado de mensageria na América Latina. Processando mais de 1,5 bilhão de transações por dia, o BLiP possui planos para grandes empresas que garantem um SLA de 99,5% com suporte 24×7 por telefone.

Além disso, o BLiP integra as mais variadas soluções SAAS do mercado, para garantir que seus chatbots estejam utilizando o estado da arte das tecnologias de inteligência artificial como processamento de linguagem natural e análise de dados, além de ferramentas para atendimento humano, processamento de pagamentos, aquisição e engajamento de usuários.

Que tal adotar a plataforma de gestão mais completa e escalável para que seus projetos tenham a máxima disponibilidade e estabilidade de chatbots? Nós temos a solução ideal para o seu negócio, com o nível de serviço e suporte adequado às suas necessidades. Entre em contato com a gente e saiba mais!


estabilidade de chatbots serginho takeSérgio Passos

CTO da Take

 

 

 

 

 

 

blip level up estabilidade de chatbots