Conheça 10 grandes empresas que usam chatbot: cases e exemplos de ações

empresas que usam chatbot

Os chatbots ganharam a atenção de muitas pessoas e têm sido adotados por um número crescente de empresas nos últimos anos. Mas ainda há algumas dúvidas sobre o assunto. Por isso, muitos profissionais querem conhecer empresas que usam chatbot para entender melhor como esse recurso pode auxiliar no dia-a-dia dos seus negócios.

Normalmente, as organizações que adotam o chatbot para empresas, procuram melhorar o atendimento ao cliente e querem se aproximar dele.

Quer saber como elas fazem isso? Conheça agora 10 grandes empresas que usam chatbot!

Empresas que usam chatbot: 10 casos de sucesso

1. Casas Bahia

empresas que usam chatbot

A rede de varejo Casas Bahia utiliza chatbots no Facebook, ou melhor, no Messenger do Facebook, para ações de marketing ao decorrer do ano:

  • Dia do Consumidor;
  • Natal;
  • Black Friday estão entre elas.

Seu chatbot para marketing é carinhosamente chamado de Bahianinho e mais de 150 mil pessoas já interagiram com ele.

O exemplo de chatbot de maior sucesso da empresa foi o chatbot na Black Friday, quando o Bahianinho oferece de modo personalizado ofertas especiais.

Dentro do famoso chatbot, o consumidor escolhe entre:

  • categorias;
  • produtos favoritos;
  • ofertas específicas.

O cliente ainda pode escolher para ser avisado quando uma categoria de produto específico entra em promoção, o que facilita seu processo de venda com chatbot.

No último ano, o bot trafegou quase 40 milhões de mensagens em uma semana com a campanha de retorno do famoso “Quer pagar quanto?”, o “leilão às avessas” da Casas Bahia.

Ficou curioso? Acesse; “Case de Black Friday Casas Bahia“.

2. Disney

empresas que usam chatbot

Mais uma das empresas que usam chatbot é a Disney, e quando se trata de atendimento ao cliente, ela é sempre uma referência — havendo até mesmo uma metodologia famosa chamada “o método de encantar clientes Disney”.

Um chatbot de atendimento da Disney não podia ser menos que isso.

Durante a campanha de lançamento do Filme Zootopia, a Disney lançou no Facebook Messenger o chatbot da Oficial Judy Hopps, a coelha-detetive protagonista do filme.

Os usuários poderiam interagir com a detetive e ajudá-la a desvendar os casos que iam além do filme. Em média, as pessoas ficavam 10 minutos interagindo com o bot e muitos retornaram para novas sessões. 

Foram milhões de mensagens trocadas; mais um sucesso da Disney e o resultado foi a campanha entrar no ranking de chatbots famosos no mundo!

De uma maneira geral, os o uso de chatbots para engajamento do público é uma estratégia com grandes resultados, e você nem precisa ser a Disney para conseguir isso.

Leia também: Como aumentar o engajamento nas redes sociais? 3 ações que sua empresa não pode ignorar [+ bônus]

3. Uber

empresas que usam chatbot

Uma das mais valiosas empresas que usam chatbot é a Uber, que já permite que uma corrida seja solicitada diretamente pelo chatbot do Facebook Messenger, sem que o usuário precise abrir o app.

O contato é feito diretamente com o bot da empresa na rede social.

Além disso, os clientes também têm a opção de solicitar o serviço a partir de conversas com outras pessoas.

Sempre que alguém enviar um endereço, o consumidor pode clicar sobre ele e requisitar uma corrida baseada naquele local.

Leia também: Social Selling: o que é e como os chatbots podem ajudar?

4. Rock in Rio

empresas que usam chatbot

A lista é de empresas que usam chatbot, mas o case do Rock In Rio não poderia ficar de fora dessa seleção!

Um dos maiores festivais de música do mundo, o Rock in Rio também tem um dos chatbots mais famosos do Brasil. 

O evento utilizou um chatbot na edição de 2017 para realizar engajamento das pessoas que estavam no evento e daquelas que acompanhavam de casa.

O Roque trabalhou em tempo real e continha informações sobre o evento ( horário, acessos, palcos, etc). Nele, era possível também ter acesso ao guia dos brinquedos existentes no evento e também das opções de alimentação.

Porém, a principal funcionalidade do bot foram os desafios, nos quais os usuários poderiam fazer missões e quizzes relacionados às bandas que participaram do evento.

Foram alcançados quase 80 mil usuários e trafegadas quase 3 milhões de mensagens nos 7 dias do festival. Esses números colocaram o Roque como o principal exemplo de uso do chatbot para eventos.

Leia o case na íntegra, acesse; “Case chatbot no Rock In Rio“.

5. HealthTap

empresas que usam chatbot

HealthTap é um serviço que permite ao cliente entrar em contato com uma base de mais de 100 mil médicos usando o Facebook Messenger. No entanto, a organização percebeu que muitas dúvidas eram comuns e decidiu construir um bot.

Agora, quando alguém faz uma pergunta, o robô da HealthTap procura por respostas dadas anteriormente e envia ao usuário, que então decide se o esclarecimento foi útil ou se ainda quer entrar em contato diretamente com um médico.

6. EBay

empresas que usam chatbot

O EBay também é uma das empresas que usam chatbot. A marca usa chatbot para e-commerce para ajudar clientes a buscarem itens — também usando o Facebook. O usuário informa:

  • qual produto procura;
  • estilo;
  • cor preferidos;
  • faixa de preço.

Dessa forma, o chatbot para vendas busca um produto que se encaixe nos requisitos e apresenta as opções ao consumidor.

A ferramenta também possibilita o aprendizado com as escolhas feitas para utilizá-las como referência para futuras indicações.

7. Pizza Hut

empresas que usam chatbot

A rede de pizzarias é mais um exemplo de empresas que usam chatbot para permitir que os clientes façam pedidos usando o Twitter e o Facebook Messenger.

Segundo a empresa, a ideia é tornar o processo de venda cada vez mais conveniente para o freguês e dar a ele o poder de escolha quanto ao canal a ser utilizado.

Agora, o telefone deixou de ser a única opção e o chatbot ficou famoso!

O consumidor ainda pode conectar sua conta do Facebook à conta da Pizza Hut e, assim, o chatbot tem acesso ao histórico de pedidos dele. Essas informações possibilitam que a pizzaria faça ofertas personalizadas ou que o cliente repita o último pedido de maneira bem rápida.

8. Sephora

empresas que usam chatbot

A marca de cosméticos Sephora criou um chatbot em parceria com o aplicativo de mensagens Kik.

As pessoas podem entrar em contato com o robô e solicitar avaliações de produtos e recomendações de maquiagem baseadas nos gostos delas.

O bot faz algumas perguntas sobre itens e cores preferidas e envia uma seleção de produtos recomendados.

Os clientes ainda podem finalizar a compra sem sair do aplicativo de mensagens.

Além disso, o chatbot também interage enviando vídeos e tutoriais de vários tipos de maquiagem. Um excelente exemplo de chatbot que realiza vendas diretas.

É claro que o atendimento automático não substituiu o atendimento personalizado nas lojas, mas a Sephora é uma das empresas que usam chatbot para alcançar a alta performance em vendas.

A marca vê a tecnologia como uma peça fundamental para atingir e engajar uma parcela dos consumidores — especialmente os mais jovens, que estão sempre conectados.

9. American Express

empresas que usam chatbot

A American Express inovou ao se tornar a primeira instituição financeira a oferecer um serviço de atendimento baseado em chatbots.

O robô criado por eles verifica as transações realizadas no cartão de crédito e oferece conteúdo relacionado.

Se, por exemplo, o consumidor comprar uma passagem, ele receberá dicas de:

  • hospedagem;
  • alimentação;
  • lazer no local de destino;
  • pode ser convidado a aproveitar o lounge da empresa no aeroporto.

Uma das empresas que usam chatbot, a American Express afirma que o objetivo do bot é conversar melhor com os clientes.

10. Localiza Hertz

empresas que usam chatbot

A rede brasileira de lojas especializadas em aluguel de automóveis, Localiza Hertz, saiu na frente de suas concorrentes ao lançar um bot no Facebook Messenger onde era possível fazer a locação do seu carro.

Todas as etapas antes feitas pelo site ou telefone (locar, cancelar e alterar reservas), agora com alguns passos automatizados e uma uma conversa fluida, poderiam ser feitas pelo famoso chatbot da empresa.

Pensando em como se aproximar mais de seus clientes, em 2018, mais uma vez sendo pioneira, a Localiza Hertz lançou dois canais de chatbot para WhatsApp Business.

No primeiro havia todas as funcionalidades que já tinham sido usadas no Messenger, mas com a diferença de que, no canal do WhatsApp, a adesão foi muito maior, e no mesmo período eles realizaram 3x mais locações.

Para fechar todo ciclo do atendimento, o segundo bot foi lançado no WhatsApp pelo SAC (0800) da empresa.

A partir da junção entre atendimento humano e o bot, a empresa oferece todas as opções da central de atendimento via telefone, com a diferença que os clientes conseguem resolver tudo por mensagem e em um tempo bem menor.

Leia também: WhatsApp Business API: o que é, como implementar e as razões para adotar a solução

Como fazer parte do grupo de empresas que usam chatbot?

Como você viu, empresas que usam chatbot pertencem aos mais variados segmentos e utilizam essa tecnologia para:

Se você também quer colocar sua marca em destaque no mercado, fale com a Take.

A Take é uma empresa especializada em criar ferramentas – como chatbots – que integram tecnologia e vendas, e são apoio às estratégias de comunicação na era digital.

Nosso objetivo é te ajudar a oferecer a melhor experiência aos seus clientes enquanto otimiza seus processos. Para isso, criamos chatbots que automatizam diferentes ações diárias da sua empresa.

Conheça nossos planos, descubra qual é a ideal para seu negócio e não perca a oportunidade de revolucionar a forma como a sua empresa se comunica com os seus clientes!

Imagens via Take.BlogWeek99erUber NewsroomTechTudo, VentureBeat, Ecommerce Chatbots, Vinícius Ghise Blog, SMBP, VentureBeat e Localiza Hertz

Leia mais:

O atendimento por chatbot resolve todos os problemas?

Como aliar atendimento humano e chatbots melhora a experiência do cliente

WhatsApp ou Messenger: qual app usar na estratégia com chatbots?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: