Chatbot no Facebook: o que é, como criar e dica de plataforma GRÁTIS

facebook chatbot capa post

Está pesquisando sobre Facebook chatbot e quer entender por que ele é estratégico para atendimento, marketing e vendas? Então acompanhe este post e aprenda 5 passos para criar o seu chatbot no Facebook, além de uma super dica de plataforma grátis para a construção!
 
Evitar o custo de criar um aplicativo próprio da sua empresa, estar presente no 2º aplicativo mais baixado no mundo e conquistar uma taxa de abertura de mensagem muito superior a do e-mail marketing: essas são apenas algumas das razões para considerar o uso de chatbots no Facebook.
Uma pesquisa da Oracle revelou que 80% das empresas desejam implementar o uso de chatbots até 2020. Além de mais barato, a implementação de um chatbot em vez da construção de um aplicativo próprio também se mostra mais eficaz na comunicação entre empresas e clientes. Você sabia que cerca de 71% dos usuários excluem um aplicativo em 90 dias?
Por outro lado, vemos que mais de 10 bilhões de mensagens são trocadas mensalmente entre empresas e usuários via Facebook Messenger.
Mas, o que é, na prática, um chatbot para Facebook? Como criar um? A seguir, tentamos responder a essas e outras perguntas — e no fim do post, você confere todas as fontes dos dados deste post sobre o Facebook.

O que é Facebook chatbot?

O chatbot é um software que funciona em canais ou aplicativos de mensagens que já são utilizados pelos usuários para estabelecer comunicação com as empresas.
Em geral, um “robô” com inteligência artificial interage com usuários através de mensagens, seja enviando mensagens para os contatos ou respondendo mensagens já recebidas.
Dessa forma, um chatbot para Messenger utiliza a plataforma de mensagem do Facebook, para atender, engajar e converter usuários da plataforma.
Isso faz com que o cliente ou prospect não precise fazer o download de nenhum outro tipo de aplicativo para estabelecer contato com a sua empresa. Basta que ele acesse o Messenger e envie uma mensagem.
Da mesma maneira, por meio de estratégias de captura de leads com inclusão de opt-in, a empresa também pode ter a iniciativa de contatar o usuário pelo Messenger usando anúncios, por exemplo.
Quando sua empresa passa a oferecer um canal acessível como o Messenger, ela permite que o cliente precise apenas digitar uma mensagem para entrar em contato com sua organização. Isso torna a comunicação mais natural e efetiva.
É possível que você já tenha uma estratégia de marketing digital dentro do Facebook, certo? Um chatbot do Facebook Messenger é como escalar essa estratégia, abrindo um canal direto de comunicação com mais de 1,3 bilhão de pessoas do mundo.
Além de usar o chatbot para atendimento, sua empresa também pode aproveitar o potencial comercial do canal. Segundo pesquisas do próprio Facebook, 53% das pessoas têm maior probabilidade de realizar compras com empresas que enviam mensagens em vez de utilizar outras formas de contato, como telefone.
Leia também: Futuro dos aplicativos: os chatbots vão substituir os apps? Entenda essa tendência.

Case de sucesso: chatbot no Facebook Messenger das Casas Bahia

A Casas Bahia é uma das empresas que se beneficiam de estratégias que envolvem o uso de chatbots para Facebook como tática de venda. Durante a Black Friday, o Bahianinho, nome dado ao bot no Messenger, encaminhava as principais promoções para os consumidores pelo canal.
facebook chatbot
O objetivo do sistema era ajudar os clientes a identificarem as melhores ofertas neste período tão movimentado do varejo.
A partir da criação do chatbot para Facebook, em uma parceria entre a empresa e a Take, o sistema identificava as escolhas do usuário e enviava, em formato de mensagem, sugestões de produtos relevantes para cada cliente.
O chatbot permitia que os usuários:

  • escolhessem categorias de seu interesse para receber ofertas;
  • selecionassem os produtos favoritos para receber ofertas específicas;
  • enviava ofertas de produtos e categorias;
  • tirava dúvidas sobre assuntos diversos, como Cartão Casas Bahia e vagas para trabalhar na empresa.

Resultados:

  • mais de 77 mil usuários ativos;
  • quase 70% das pessoas se engajaram na conversa com o bot.

Confira esse e outros cases de chatbots na página da Take.

Como criar chatbot para Facebook: 5 passos

Como já dissemos anteriormente, sua empresa pode criar um chatbot para Facebook Messenger que tenha foco em:

  • atendimento e suporte;
  • marketing e engajamento;
  • vendas.

A seguir, criamos um passo a passo de como fazer um chatbot no Facebook.
Entretanto, se você está em busca de mais agilidade, pode criar um chatbot para Facebook GRÁTIS com a plataforma de construção de chatbot BLiP e a experiência da Take. Ficou interessado? Acesse o site da plataforma e conheça mais sobre as possibilidades.
O passo a passo abaixo, vai dar dicas de como usar a plataforma de construção de chatbot para Facebook, mas também ajudará na criação de toda estratégia e indicará como montar fluxos de diálogo.

1. Defina seu objetivo

Qual é o propósito do seu chatbot? Qual área da sua empresa teria maior retorno com a integração de um bot? Existe um setor sobrecarregado? Após se fazer essas perguntas, defina qual tipo de bot faz sentido montar.
Novamente, você pode criar chatbot com o objetivo de auxiliar em áreas como atendimento, suporte, marketing e vendas.
Caso você queira usar o chatbot para múltiplos objetivos, pode ser interessante criar mais de um bot ou criar um bot principal, que será capaz de levar o usuário para outros bots mais especializados, sem que ninguém perceba essa transferência.

2. Crie os fluxos de conversas

Essa etapa é muito importante! O primeiro passo é entender que tipo de conversações acontecem no seu canal — pense nisso a partir das principais perguntas que seus clientes ou prospects fazem atualmente.
Peça ajuda dos especialistas de cada setor da empresa para levantar as principais questões de clientes e para respondê-las. Assim você começa a criar os fluxos de diálogos adequados para interagir com os usuários.
Dentro da plataforma BLiP você poderá inserir o desenho das conversas para que o chatbot funcione. Com a Take, você receberá auxílio estratégico para criar esses diálogos de maneira eficaz e profissional.

3. Dê personalidade ao chatbot

Um chatbot no Messenger precisa ter personalidade. Isso humaniza a experiência do usuário com as conversas e alinha o chatbot com o restante da sua comunicação e estratégia de branding.
Você pode inclusive dar um nome ao seu bot. Além de humanizar ainda mais a ferramenta, isso deixa sua comunicação mais transparente, uma vez que estabelece para o cliente que ele está conversando com uma “máquina”.

4. Disponibilize um check-out por meio de CTAs

A interação do chatbot pode ser ainda mais proveitosa para sua empresa se no final de cada conversa você estimular uma ação do usuário, seja um clique, uma resposta ou outra ação que faça sentido para a conversação.
Você pode direcionar os usuários para uma página de produto, cadastro, um questionário de satisfação do cliente, um vídeo, blog post, e-book, e outras opções.
Mantenha o cliente envolvido com sua pelo maior tempo possível enquanto fizer sentido.

5. Escolha a plataforma ideal para criar o chatbot no Facebook

A dobradinha Take e BLiP vai surpreender você na hora de criar um chatbot para Facebook. Com 20 anos de atuação no mercado, a Take ajuda empresas a criar estratégias de relacionamento com o cliente de maneira inteligente e, com o BLiP, é possível construir um bot completo: já foram mais de 29 mil bots criados na plataforma!
Você pode criar um chatbot para Facebook grátis com o BLiP, ou contratar um dos planos  para ter acesso a mais benefícios e um amplo serviço de suporte. Acesse agora nosso site e saiba o que funciona melhor para a sua empresa.

Referências: Campaign, Olhar Digital, Tecmundo, Localytics, Business Insider, #DMS, InfoMoney
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: