Como implementar chatbot? Porque adotar a estratégia e seus benefícios

Tecnologias de automatização e evolução da comunicação estão cada vez mais presentes na nossa rotina. Um exemplo é a inteligência artificial, que pode ser encontrada em videogames mais complexos, câmeras fotográficas que reconhecem rostos e, ainda, em alguns empresas que optam por implementar chatbots.

Essa tecnologia tem o poder de encantar as pessoas, especialmente no caso de um chatbot para empresas. O software oferece a possibilidade de o usuário entrar em contato com as marcas quando, onde e como quiser. Isso significa mais conforto e praticidade, dois queridinhos do consumidor moderno, e, por isso, aliados na busca por oferecer uma melhor experiência ao usuário.

Sem dúvidas, implementar chatbots ajuda muito a interação entre público e empresa. Até porque as pessoas não querem mais ficar esperando para falar com alguém ou aguardar a resposta horas depois de ter feito um questionamento ou solicitação, concorda?

Pensando nisso, reunimos neste post 6 maneiras de você explorar o uso de chatbots nas empresas. Continue a leitura!

Porque implementar chatbot na empresa? Entenda seus usos

1. Otimizar o atendimento ao cliente

Reduzir o tempo de resposta é uma necessidade do cliente, assim como da empresa. Nesse sentindo, implementar chatbot permite que o atendimento seja feito em tempo real, e não importa quantas pessoas querem se comunicar ao mesmo tempo; todas terão total atenção.

Além disso, o atendimento ao cliente por meio do chatbot acontece 24 horas por dia em todos os dias da semana. Seria inviável e extremamente oneroso prestar o mesmo serviço com uma equipe de atendentes humanos. Qual outro recurso poderia ser tão eficiente quanto um chatbot inteligenteCom ele, é possível:

  • esclarecer dúvidas;
  • fazer atualizações cadastrais;
  • informar status de entrega;
  • fornecer informações importantes, como as características dos produtos, a localização das lojas, o horário de funcionamento, etc.

Se o cliente quer a segunda via de boleto, por exemplo, pode apenas informar “segunda via de boleto” ao software. O sistema entende e providencia a solicitação imediatamente.

2. Melhorar o relacionamento com o público

O consumidor está cada dia mais conectado: ele checa e-mail, lê as últimas notícias, atualiza redes sociais, pesquisa preços e faz compras online. Assim, investir em implementar chatbots é o mesmo que estar mais próximo de seu consumidor, pois o sistema se encarrega de fazer uma ponte com acesso direto aonde ele já está.

Outro fator que contribui para estreitar ainda mais o relacionamento com o cliente é poder proporcionar uma boa experiência a ele. Isso acontece porque o software é “treinado” para responder com uma linguagem natural. Ou seja, é uma conversa amigável que corresponde aos anseios de quem utiliza o serviço.

Uma dúvida comum é: criar aplicativo ou implementar chatbot?

Não precisar de um aplicativo específico para entrar em contato com a empresa também é um detalhe que faz toda a diferença. Os chatbots para empresas não requerem downloads, pois já funcionam dentro dos aplicativos de mensagem. Basta acessar Facebook Messenger, WhatsApp, Twitter, Skype ou outros. Simples assim!

implementar chatbot

3. Personalizar chatbots nas empresas

Nas grandes empresas, o Help Desk (departamento que tira dúvidas de acesso ao sistema) recebe centenas de ligações com o mesmo motivo: esquecimento de senha. Nesse exemplo, para facilitar o atendimento, é possível implementar chatbot para responder os usuários automaticamente, libertando a equipe de uma tarefa monótona.

A personalização do software é feita conforme a demanda da empresa. Você pode construir um chatbot para vendas e engajamento, por exemplo. Durante a campanha de Black Friday das Casas Bahia, o cliente foi convidado a ficar amigo do Bahianinho, personagem do chatbot que representa a marca.

Nessa interação, o usuário dizia quais produtos queria comprar na Black Friday. Dessa forma, no grande dia, o bot enviou as ofertas sobre os itens escolhidos diretamente aos usuários. Nem é preciso dizer o tanto que essa ação ajudou a impulsionar as vendas da rede.

4. Complementar o serviço de call center

Da mesma forma que o usuário liga para o call center, é possível fazer um contato mais eficiente com o chatbot. Basicamente, a pessoa fala o que precisa, o sistema interpreta o código e, a partir daquele momento, ela obtém a resposta.

Essa mensagem pode ser na forma de texto, áudio, arquivo ou qualquer tipo de conteúdo trocado no app de mensagens onde o bot está.

Na verdade, os chatbots conseguem fazer o mesmo serviço de uma central de atendimento. A diferença é que eles não precisam de nenhuma infraestrutura para isso.

Além de tudo, um humano pode assumir a conversa sempre que for preciso. O usuário continua o contato com a empresa e, na medida em que a conversa flui, a resposta pode ser revezada entre o automático e o atendente. Isso significa uma estratégia evolutiva, pois permite conhecer o que as pessoas querem que você resolva de forma automática.

Gostou? Saiba mais em: Como os chatbots ajudam a reduzir custos com call center?

5. Reduzir custos operacionais

Diminuir os gastos sempre foi um enorme desafio para as empresas. No entanto, utilizar tecnologias capazes de garantir a eficiência operacional é uma realidade. Nesse sentido, uma das principais respostas para que serve chatbots é a economia.

A contratação de uma equipe também pode ser impactada positivamente. Com o suporte dos chatbots, os operadores podem ser capacitados para:

  • realizar ações mais complexas;
  • adquirir habilidades estratégicas;
  • desenvolver competências gerenciais;
  • participar de outros projetos que otimizem os resultados corporativos.

6. Renegociar pagamentos

O chatbot também pode ajudar a diminuir a inadimplência. É muito comum o cliente esquecer de fazer um pagamento e se sentir constrangido quando é cobrado por alguém. Para evitar esse tipo de situação, os chatbots podem facilitar a gestão de cobranças e serem programados para emitir notificações sempre que o boleto estiver perto de expirar.

Caso o usuário não quite a parcela e fique inadimplente, os bots ainda podem ser programados para dialogar e renegociar a dívida. Inclusive, é possível enviar o arquivo em formato PDF para agilizar a pendência.

É inegável que os chatbots se tornaram indispensáveis para organizações de todos os tamanhos. Então, o que você acha de dar um passo mais largo rumo à inovação e aprender como implementar chatbot na sua empresa? Abaixo, indicamos um vídeo que compila parte do que buscamos transmitir sobre o papel do chabot para empresa, nesse atual momento de mercado. Vale assistir!

Não se esqueça de verificar se o seu site é compatível com dispositivos móveis. Também é importante informar aos usuários que eles têm a opção de falar com um atendente, caso precisem de uma ajuda adicional.

Quando o seu cliente experimenta uma interação diferenciada, fica mais fácil cultivar o relacionamento. Usar chatbots nas empresas faz com que a marca se aproxime de uma visão estratégica de marketing, e os resultados são infinitamente melhores.

Como implementar chatbots na sua empresa?

Como você acabou de ver, implementar chatbots na empresa é um caminho natural para quem quer automatizar parte da sua comunicação e atender consumidores com mais velocidade e precisão, ao mesmo tempo em que reduz custos e otimiza processos internos.

Leia também: Fique por dentro: saiba como os chatbots podem reduzir custos na sua empresa

Apesar de serem uma tecnologia relativamente simples do ponto de vista técnico, os chatbots são capazes de impactar a empresa em vários aspectos — daí a importância de uma construí-los de maneira correta e bem planejada.

Neste artigo, trazemos recomendações para planejar o desenvolvimento de chatbots em um negócio. Confira!

O que fazer antes de implementar chatbot na empresa?

É inegável que os chatbots são uma tendência em alta, já utilizados por inúmeras empresas e com resultados comprovados em redução de custos e maior eficiência nos atendimentos externos e internos da organização.

A parte técnica da implementação não é exatamente complexa: estabelecendo parceria com a equipe ideal para desenvolvimento de chatbot  é possível rodar determinados tipos de chatbots em pouco tempo e com um investimento relativamente baixo.

Por outro lado, a organização deve se preparar para receber os chatbots da melhor forma possível.

O primeiro passo para isso é a estruturação de processos. Dentre de “para que serve chatbots” está a ideia de que eles automatizam tarefas burocráticas e repetitivas de forma veloz e eficiente, mas, para entender onde eles podem ser utilizados, é importante que os processos da empresa estejam bem descritos e documentados.

Quando as atividades estão organizadas, fica mais fácil identificar o que pode ser automatizado por um chatbot e o que é melhor continuar em mãos humanas.

Na hora de implementar chatbot, uma dica é começar devagar e escalar sua utilização.

No começo, é natural que haja alguns tropeços até que o time e a própria empresa consigam se adaptar à tecnologia, portanto, vale a pena rodar uma etapa inicial para testes e aprendizado antes da publicação.

Como preparar a equipe para os chatbots?

Comece a preparar o seu time para a chegada dos chatbots com treinamentos que expliquem o potencial dessa tecnologia e como ela deve ser utilizada. Os chatbots não são um substituto do talento humano na empresa, mas sim uma ferramenta que maximiza as capacidades da equipe.

Sem limitações físicas e estruturais, o time de atendimento poderá contar com chatbots resolvendo grande parte das demandas simples dos clientes a qualquer hora do dia, enquanto focam seus esforços para os casos mais delicados que precisam de atenção especial, por exemplo.

Com um treinamento adequado, é possível fortalecer a colaboração do trabalho com ferramentas de atendimento humanos com chatbots.

implementar chatbot

A tendência é que, à medida que a equipe trabalhe mais com os chatbots para empresas, novas possibilidades de utilização sejam descobertas e o operacional fique ainda mais eficiente.

Além do treinamento, para implementar chatbot, considere mudar alguns papéis dentro da empresa. A chegada dos chatbots vai alterar drasticamente a forma como o trabalho de algumas pessoas é feito. Um bom gestor conseguirá enxergar tanto as demandas que serão desafogadas com essa tecnologia quanto as novas necessidades que podem surgir em consequência disso.

Com boa parte do trabalho automatizado, será possível aproveitar melhor as competências humanas da equipe em atividades que vão gerar mais valor ao negócio.

Ficou interessado em saber mais sobre o uso do chatbot em sua empresa? Entre em contato com a Take, há quase 20 anos ajudamos empresas a oferecerem melhores experiências aos seus clientes enquanto otimizamos seus processos.

Para isso, criamos chatbots que automatizam diferentes ações diárias da sua empresa e contribuem para suas ações de atendimento, marketing e vendas! Entre em contato com nossa equipe!

Leia mais:

Sera que os chatbots vão substituir os humanos?

Personalidade do chatbot: o que é e como defini-la?

3 indícios de que o chatbot para WhatsApp está chegando