Como as estratégias de marketing de relacionamento podem ajudar o meu negócio?

estratégias de marketing de relacionamento capa post

A concorrência no mercado anda cada vez mais acirrada e, por isso, é preciso saber se reinventar o tempo todo para conseguir captar e fidelizar clientes. Nesse sentido, as estratégias de marketing de relacionamento são uma potente ferramenta para ajudar sua empresa a ser mais do que uma fornecedora de produtos, destacando-se e atraindo a atenção dos consumidores.
Independente da área de atuação, oferecer bens ou serviços não é mais suficiente, o cliente precisa se identificar e sentir que ele tem importância para a empresa.
Para isso, há uma série de recursos que vão ajudar a manter uma relação saudável entre marca e público: desde o atendimento na loja até a interação em redes sociais.
Quer aplicar essas técnicas em seus negócios? Continue lendo e saiba como fazer!

O que é Marketing de Relacionamento

O conceito de Marketing de Relacionamento é simples – consiste na construção de uma relação próxima e transparente entre empresa e cliente. Mas na prática ele engloba todas as ações e estratégias de fidelização do público a que a empresa pode utilizar.
O objetivo do Marketing de Relacionamento é converter consumidores em “amigos” da marca, transformando a relação de consumo em uma relação de confiança e identificação.
Assim, os próprios clientes se tornam agentes captadores de novos consumidores, uma vez que eles passam a divulgar e defender a marca espontaneamente.
Além de alcançar o ápice da propaganda voluntária partindo de clientes satisfeitos, a empresa também colhe outras vantagens do Marketing de Relacionamento, como por exemplo:

  • Proximidade com o público;
  • Fidelização dos clientes;
  • Transformação de consumidores em promotores da marca;
  • Facilidade de colher feedbacks sobre os produtos, serviço e atendimento

Como fidelizar clientes com estratégias de Marketing de Relacionamento: 5 passos

Agora que já vimos o que é Marketing de Relacionamento, vamos ver um passo a passo de como usá-lo para, enfim, conquistar a fidelidade dos clientes da sua empresa. Confira:

1. Identifique sua persona

Persona é como definimos o cliente ideal. Quais características ele tem? O que gosta de fazer? Como se relaciona? O que consome? Essas são algumas perguntas a fazer quando for definir a persona da sua empresa.
Uma vez identificado o perfil ideal, selecione entre os dados de clientes que sua empresa já possui aqueles que mais se adequam e que, em hipótese alguma, podem ser deixados de lado.
Sempre tenha a persona em mente na hora de produzir conteúdos e traçar estratégias. São elas que compram os produtos e serviços da sua empresa.

2. Mantenha contato de qualidade

Não envie apenas promoções para seus clientes. Chega um momento em que isso satura o consumidor e pode acabar virando uma imagem negativa da empresa, que só pensa em vender e lota a caixa de entrada do e-mail com ofertas.
Envie mensagens personalizadas em datas especiais, como o aniversário de cada cliente.
Personalizar o conteúdo também é importante: quando for enviar ofertas de produtos, leve em conta o que cada cliente já comprou e sugira algo do interesse individual de cada um.

3. Incentive o engajamento

identifique dentre os clientes da empresa aqueles que mais se engajam e mostre que isso é percebido através de brindes, por exemplo.
Fazer promoções e sorteios baseados em quem mais interage nas redes sociais da marca também é uma boa forma de incentivar esse comportamento.
Outra possibilidade é realizar pesquisas rápidas com os clientes, seja por redes sociais que já têm ferramenta de enquete ou até pelo WhatsApp ou e-mail.
estratégias de marketing de relacionamento - exemplo

4. Ofereça plataformas para contato e interação

É importante ter mais de um canal através do qual os clientes possam entrar em contato com a empresa, isso garante mais vias de relacionamento.
Tenha um telefone fixo para SAC, redes sociais ativas, espaço de ouvidoria no site, e-mail de atendimento ao público e canais de atendimento ainda mais diretos, como o WhatsApp Business.

5. Invista em Marketing Digital

Lembre-se: todas as estratégias de marketing de relacionamento devem andar de mãos dadas, seguindo a linguagem da sua marca.
O Marketing de Relacionamento pode ser integrar, por exemplo, ao Marketing Digital.
As mídias sociais estão presentes no dia a dia das pessoas possibilitando e facilitando vários tipo de ações de interação, como campanhas, sorteios, pesquisas, etc.
Aprenda a unir ainda mais essas duas formas de marketing para promover sua empresa!
Confira no vídeo abaixo algumas dicas para vender nas redes sociais:

Ferramentas de Marketing de Relacionamento: 3 formas de acompanhar os resultados

Depois de implementar os recursos que citamos acima, chegou a hora de lidar com os resultados. Afinal, não adianta criar várias ações de marketing se você não souber mensurar quais que funcionaram ou não.
E como mensurar os resultados de ações que visam melhorar o  relacionamento do cliente com a marca? Para isso, há algumas métricas que devem ser acompanhadas e analisadas. Confira:

1. Taxa de retenção

Esse é um resultado que pode ser notado quase que instantaneamente. Ao se lançar uma ação nas redes sociais, por exemplo, a empresa deve estar atenta ao tempo que o público permanece na sua página, quantos deles se engajam, comentam e replicam o conteúdo, quantos se interessam a ponto de ir até o site.
Resumindo, se trata de quanto tempo e com que intensidade o público continua falando sobre determinada ação ou se relacionando com a empresa.
Essa taxa tende a crescer à medida que mais ações de Marketing de Relacionamento forem realizadas, fidelizando cada vez mais clientes.

2. Pesquisas

A empresa pode realizar pesquisas por conta própria e as redes sociais são, mais uma vez, um excelente lugar para isso.
Além de gerar mais uma forma do cliente dar seu feedback e estreitar a relação com a marca, ela ainda tem a chance de descobrir se eles gostaram de determinada ação, se já se inscreveram em algum sorteio ou se já recomendaram a marca para alguém.
Essas são apenas algumas possibilidades. A empresa pode fazer pesquisas sobre qualquer tópico que vá lhe dar mais informações sobre seus clientes.
Veja também: Como fazer uma pesquisa de satisfação do cliente? 5 dicas para uma taxa de resposta alta

3. Vendas efetivadas

Construir uma boa relação com o público é imprescindível para qualquer empresa, mas até ações de Marketing de Relacionamento precisam reverter em vendas concretas.
Uma forma de medir isso é comparar o número de vendas após uma estratégia de Marketing de Relacionamento com antes dela ser aplicada.
Não quer dizer que a diferença exata entre os dois períodos é formada exclusivamente por clientes que vieram pela ação de marketing, mas é possível tirar um indicativo.
Outra forma é conceder um cupom de desconto exclusivo para clientes que vieram através de uma ação específica, por exemplo. Exigir apresentação do cupom é um jeito de comprovar a efetividade da ação.
Curtiu nossas dicas sobre estratégias de marketing de relacionamento? Você já deve ter percebido a importância de melhorar seu relacionamento com o cliente e usar as novas tecnologias a seu favor. Se esse é o caso, também vai gostar de conhecer as soluções e serviços da Take para facilitar as comunicações em seu negócio.
Com os chatbots, você pode mandar pesquisas de satisfação, ofertas, fazer ações de engajamento e atender o cliente nos canais mais utilizados da atualidade, como WhatsApp e Facebook!
Saiba como a Take pode ajudá-lo a otimizar sua comunicação com seus clientes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: