Countdown Chatbot4Devs – Entrevista com Ilker Köksal

entrevista chatbot4devs - ilker köksal

O entrevistado desta semana é o Ilker Köksal, CEO da Botanalytics. Ilker vai falar sobre a importância da análise de dados dos chatbots, além das métricas mais relevantes que os bot makers podem levar em conta em seu trabalho.

Confira agora o que ele conversou com a gente!

1- Como surgiu seu interesse em chatbots?

Tudo começou na mudança para São Francisco, quando abrimos um empreendimento focado em uma ferramenta de mobile analytics, que fornecia soluções para melhorar as taxas de engajamento em ambientes móveis. Mais tarde, pivotamos o negócio para focarmos em analytics para bots antes mesmo dos chatbots tomarem os holofotes, como tomaram recentemente.

Não preciso dizer que o Silicon Valley é o coração da tecnologia. Por aqui, você precisa criar a demanda para mudar o mundo. Além disso, acredito que tudo depende do nosso entusiasmo.

Coisas importantes acontecem por que seres humanos criam ideias. Para não ficar para trás, você precisa estar sempre pesquisando para entender o que acontece no mundo e se adaptar. Temos potencial de fazer acontecer e nunca estaremos satisfeitos com o que temos. Precisamos de mais, mais e mais.

Enxergamos essa revolução dos chatbots se aproximando há muito tempo e tomamos os passos certos antes mesmo do Facebook anunciar os chatbots no Messenger F8 Conference em 2016. Isso é a razão de estarmos liderando o mercado de plataforma de analytics para chatbots agora. Nossa missão é espalhar nossa mensagem para desenvolvedores e educá-los em analytics para chatbots.

2- Por que você acredita nessa tecnologia?

No mundo de hoje, as pessoas consomem rápido e não têm paciência ou tempo para quase nada. Os chatbots nos ajudam a fazer as coisas de maneira fácil sem colocar muito esforço. Eu também conecto esse súbito “boom” de chatbots a esse fato. Machine learning e IA vão inevitavelmente revolucionar nossos hábitos.

Graças aos chatbots, as pessoas não precisam mais tomar certos passos sozinhas (como mudar de uma página à outra para encontrar informação). Por exemplo, via um bot único, você pode procurar por eventos próximos, suas datas e o preço dos ingressos. Você pode até compra-los usando bots.

Além disso, isso é bem mais conveniente e prático do que baixar um aplicativo. É nossa necessidade e responsabilidade melhorar a tecnologia o máximo que conseguirmos, como empreendedores. Isso é o motivo pelo qual acredito em plataformas conversacionais; com o poder da IA, elas irão transformar todos os esforços de promoção de marcas e otimização de contatos com o cliente.

O poder de plataformas conversacionais com IA não é efêmero. Elas já começaram a modificar nossos hábitos e isso é apenas o início de uma nova era.

3- Qual o impacto que os chatbots já causaram no mercado?

Eu espero que os chatbots dominem o mercado em larga escala. Para o momento, eles ainda não são muito desenvolvidos, mas não permanecerão primitivos para sempre. Por outro lado, eles estão se desenvolvendo com velocidade incrível. Um ponto importante é que os negócios devem acompanhar a velocidade dessa tendência e implementá-la aos seus serviços. Neste mundo, apenas os “early adopters” vão sobreviver.

Os chatbots são parte do futuro, eu posso dizer. As marcas já estão modificando seus canais para se relacionarem com o cliente, usando chatbots. Elas querem otimizar a comunicação de uma forma em que haja menor dependência de humanos.

4- Qual o futuro dessa tendência?

Softwares altamente sofisticados ainda estão sendo desenvolvidos, a maioria deles ainda dando pequenos passos. Mesmo assim, eles já estão afetando o mercado significativamente. Isso nos dá uma pista sobre como é provável que eles dominem o mercado nos próximos anos.

Hoje, grandes empresas como Google, Amazon, Facebook e Microsoft estão conscientes que essa tendência está se aproximando, e elas são líderes da indústria de chatbots atualmente. Isso também mostra que chatbots são vistos como “jovens promissores” do ambiente de tecnologia. No entanto, apenas os “early adopters” vão crescer e se consolidar no mercado.

Os “late comers” também têm sorte, porque não vão precisar reinventar a roda: eles podem seguir e aprender com outros.

5- Pode adiantar um pouco do que você vai falar no Chatbot4Devs?

O mercado de chatbots está mudando e constantemente se aprimorando, e as pessoas estão utilizando-os com mais frequência. Em consequência, analisar os dados de bots está se tornando crucial para bot makers desenharem melhores interações entre humanos e bots.

Todos os dados de bots nos dizem onde o mercado de chatbots está indo. Que tipo de métricas os botmakers devem acompanhar? Como eles devem comparar suas métricas com outros bots no mercado? Essas são questões que bot makers precisam considerar quando construírem e iterarem seus bots em melhores versões.

Além disso, bot makers podem não saber como melhorar seus bots baseados em dados; assim como estamos avançando em assistentes virtuais baseados em AI, o analytics para chatbots também migrará para essa área. Eu irei explicar como os bot makres podem se beneficiar de nosso assistente virtual para analytics de chatbots — o Botanalytics Assistant — e destacando alguns pontos essenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: