6 dicas práticas para sua equipe vender mais e melhor

alta performance em vendas capa post

Quer saber como alcançar uma alta performance em Vendas? Separamos 6 dicas excelentes para você implantar na sua empresa!
 
Vender mais ou ter mais clientes não significa necessariamente ter uma boa estratégia de vendas. Alguns fatores como o custo de aquisição de clientes, o ticket médio e a gestão de tarefas dos colaboradores também devem ser considerados na hora de avaliar se uma tática de vendas está funcionando ou não.
O ideal é aliar os dois grandes objetivos em Vendas — atrair mais clientes e fechar vendas que são mais vantajosas para a empresa — para obter o melhor desempenho possível para o seu negócio. Mas como fazer isso? Saiba mais com essas dicas que reunimos pra você!

1. Combine os esforços de Marketing e Vendas

Integrar as equipes de Marketing e Vendas é crucial para maximizar os resultados das ações de cada time, aumentar a produtividade e evitar o retrabalho. O Vendarketing, como é chamada essa combinação entre dois setores, pode ajudar sua empresa a ter um ROI (retorno sobre investimento) maior, pois quando há este alinhamento, o Marketing é capaz de entregar leads mais qualificados para os vendedores, ampliando a taxa de conversão.
Além disso, o feedback contínuo entre as duas áreas ajuda tanto na obtenção de novos clientes como no direcionamento da produção de conteúdo online e das estratégias de Marketing Digital como um todo.

2. Defina metas possíveis

Ainda sobre o Vendarketing, é preciso destacar que ele tem um papel importante na definição de metas e resultados esperados da empresa. A partir do Service Level Agreement (SLA) ou Acordo de Nível de Serviço, os departamentos podem elencar objetivos em comum, uma vez que o SLA estabelece que as responsabilidades sejam compartilhadas por todos os colaboradores envolvidos.
Quando há este acordo, as diferentes equipes podem colaborar no cumprimento das metas e criar expectativas condizentes com o trabalho desenvolvido. Por exemplo: o time de Vendas acredita que precisa de um determinado número de leads qualificados e define esta meta para a equipe de Marketing.
No entanto, esta não é uma meta possível para o time de Marketing, que para alcançar o número imposto, teria que entregar leads menos qualificados para Vendas, portanto menos aptos a fazer uma compra. Ou seja: o objetivo quantitativo seria atingido, mas a queda na qualidade dos leads prejudicaria o desempenho das vendas.
Para determinar metas possíveis e evitar o desgaste dos colaboradores, é imprescindível que haja uma boa comunicação interna na empresa.

3. Estabeleça rotinas que otimizem o tempo de trabalho

Sabe aquelas reuniões que poderiam ter sido resolvidas com um e-mail? Elas ilustram perfeitamente as práticas que prejudicam a produtividade de uma organização. Para evitar que isso aconteça, a solução é adotar rotinas que simplifiquem a vida dos colaboradores, separando as tarefas de acordo com o seu nível de prioridade e tornando os processos mais eficientes, isto é, fazendo com que o máximo seja feito com o mínimo de recursos (tempo, dinheiro, energia etc.) investidos.
Existem muitos sistemas e aplicativos disponíveis que ajudam as pessoas na gestão da produtividade como o Runrun.it, Todoist, Trello, Asana, Slack e outros — mas a automação de processos também é uma grande aliada da alta performance nas vendas. É disso que vamos falar a seguir!

4. Invista em automação de processos

É quase impossível falar de vendas hoje sem falar sobre CRM (Customer Relationship Management), sistema de gestão de relacionamento com o cliente que é utilizado por 56,9% das empresas no Brasil. Através de softwares como o Pipeline e o Salesforce, por exemplo, a equipe de Vendas pode acompanhar de perto as informações de cada cliente e ter uma visão mais ampla (e ágil) dos negócios em andamento. Se a sua empresa ainda não utiliza nenhuma plataforma de CRM, saiba que algumas delas — como a RD Station CRM — são gratuitas.

Quer potencializar a agilidade do CRM e ter uma alta performance em vendasEntão você precisa investir em automação de Marketing e Vendas!

Como vimos no primeiro tópico, Marketing e Vendas devem andar bem juntinhos quando o objetivo é vender mais e melhor. As automações são extremamente úteis nesta relação, pois além de integrar os dados do CRM a outras soluções de Marketing adotadas pela sua empresa, elas também são uma forma de otimizar o trabalho dos colaboradores.
Neste sentido, a automação com chatbots é a principal solução para quem quer ganhar tempo sem abrir mão da qualidade dos leads ou de um contato humanizado com os clientes. Os chatbots podem ser utilizados em todas as etapas do funil de vendas e assumir diversas funções, como coleta de dados, geração e nutrição de leads, distribuição de conteúdo, SAC 2.0 e follow up de vendas.
Com tantas possibilidades, este contato inteligente é capaz de trazer resultados expressivos e impulsionar as vendas para além do esperado, como aconteceu com as Casas Bahia na Black Friday.

5. Mantenha sua equipe motivada

Já falamos de algumas soluções para vender mais e melhor, mas é sempre bom lembrar que o uso da tecnologia não dispensa a importância de ter uma equipe de Vendas engajada. Praticar a empatia, ter uma cultura de feedback e investir em treinamentos para os colaboradores são apenas algumas das ações que caracterizam uma liderança responsável.
O líder de um time de Vendas deve ter em mente que seus gestores podem passar por situações de muito estresse e ficar desmotivados quando seu trabalho não produz o retorno esperado, mas saber ouvir a equipe e orientá-la corretamente pode promover um ambiente saudável e inspirador. Lembre-se: gestores motivados convertem mais vendas e tem uma rotina mais produtiva.

6. Fidelize seus clientes

Você sabia que o custo de aquisição de um novo cliente é 6 a 7 vezes maior do que o de um cliente fidelizado?
Se a sua estratégia de Marketing e Vendas não contempla um plano de fidelização de clientes, você está fazendo isso errado! Além de perder a oportunidade de cross selling e up selling, equipes que não se preocupam com a fidelização no pós-vendas vão pagar mais caro por novos clientes, como citamos acima.
A boa notícia é que a automação também pode te ajudar a manter um relacionamento próximo com seus clientes. Ferramentas como chatbots são bastante úteis na fidelização de clientes, uma vez que elas podem contribuir para que este relacionamento esteja em bons termos. A experiência do consumidor não termina depois da compra, por isso é necessário acompanhar o pós-vendas e oferecer suporte quando for preciso.
Um chatbot que está preparado para responder perguntas sobre a utilização de um produto ou serviço pode ser a salvação de um gestor que está focado em fazer negócios com outros clientes. Os bots são ótimos em evitar que seus clientes fiquem sem resposta! E, ao perceber que sua relação positiva com a marca não acaba após a venda, a satisfação dos clientes aumenta e eles têm mais chances de começar uma nova jornada de compra.
Os contatos inteligentes apresentam uma vantagem enorme que os diferencia do atendimento feito apenas por humanos: os chatbots estão disponíveis o tempo todo e respondem instantaneamente, ou seja, sempre estão trabalhando em alta performance. Use isso a seu favor na sua estratégia de Vendas!
Você já adota alguma dessas práticas na sua empresa? Para saber mais sobre como podemos te ajudar a vender mais e melhor, entre em contato com a gente!
 

Leia mais:

Automação de marketing com chatbots: tudo que você precisa saber!

Humanização de chatbots: Por que valorizar este aspecto em seu bot?

Como vender mais usando tecnologia: 5 dicas para sua empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: