6 dicas de segurança da informação nas empresas e como implanta-las

dicas de segurança da informação nas empresas

Uma das maiores preocupações atuais das empresas está relacionada à segurança da informação na web, principalmente diante de tantos casos de roubos de dados virtuais. Esse tipo de ocorrência cresceu tanto no mundo, que hoje já ocupa o 2º lugar na lista de crimes em números absolutos, perdendo apenas para o tráfico de drogas. Existe uma forma de evitar isso? Quais as dicas de segurança da informação nas empresas? 
A preocupação com a segurança da informação nas empresas, no Brasil, não é diferente. Apesar de não serem muito divulgados, os crimes cibernéticos são realidade no país.
Muitos empresários de pequenas e médias empresas acreditam que, por seus empreendimentos terem menor porte, não são alvos desses ataques, mas estão enganados. Existem muitas pessoas com más intenções que podem causar grandes danos à empresa.
Para se proteger dessas ocorrências, as organizações precisam seguir algumas dicas de segurança da informação nas empresas e investir em inovações no mercado de TI que dificultam as ações de hackers.
Somente em 2017, as perdas geradas por fraudes eletrônicas ultrapassaram U$ 7,2 bilhões somente nos Estados Unidos.
O crescimento do trabalho remoto também ampliou o tema e tornou fundamental que as empresas tenham políticas de segurança da informação, para acessos móveis. Principalmente relacionado a segurança na nuvem.
Mas existem algumas dicas de segurança da informação nas empresas, simples, que podem ser implementadas e ajudam os negócios a terem mais confiança sobre seus dados internos.
Confira 6 delas, neste post!

6 dicas de segurança da informação nas empresas

1. Tenha um antivírus de qualidade e mantenha-o atualizado

Esta dica de segurança da informação nas empresas não é novidade para ninguém, mas mesmo assim ainda é válida, visto que muitas empresas não a colocam em prática.
O antivírus deve ser instalado em todas as máquinas ativas da empresa e precisa ser atualizado diariamente.
Para facilitar esse processo, a atualização pode ser configurada para acontecer automaticamente em um horário que não atrapalhe o trabalho.
Hoje, já existem muitas opções gratuitas de qualidade que são muito eficientes dependendo do tamanho da empresa.

2. Escolha senhas fortes

Esta é outra dica básica que muitas empresas deixam de lado. Por incrível que pareça, ainda é muito comum encontrar empresas que usam senhas com o nome do negócio, ou o nome do usuário, ou aquela famosa sequência de números de 1 a 6, no máximo sendo inserida de trás para frente.
O uso de senhas fortes, que contenham letras e números e não tenham relação com o usuário em si, é extremamente indicado para garantir que estranhos não consigam acessar as informações indevidamente.
E claro: ninguém mais deve saber a senha do usuário. Essa prática deve ser aplicada em computadores corporativos e também de uso pessoal — nunca registre a opção de memorizar senhas em computadores que não sejam pessoais.
Ao configurar o roteador da empresa, por exemplo, troque a senha padrão. Essa simples ação reduz as chances de um hacker invadir seu sistema por DNS. Proteja também os dados da empresa dando acesso apenas aos funcionários que precisam das informações para o seu trabalho.

3. Faça backup diário das informações relevantes

Sabemos que os backups não evitam o problema dos crimes cibernéticos, mas reduzem os danos causados por eles às empresas.
As cópias de segurança precisam ser realizadas diariamente e armazenadas em um servidor externo que também possua segurança de dados.
Hoje, existem vários serviços que armazenam as informações na nuvem e proporcionam maior segurança.

4. Bloqueie o acesso a sites nocivos

Existem diversas ferramentas disponíveis que ajudam as empresas a proibirem o acesso de usuários a sites nocivos que podem conter vírus ou facilitar a captura de informações.
Essa dica de segurança da informação nas empresas também precisa ser aplicada aos e-mails corporativos e pessoais abertos na empresa.

5. Invista em um sistema de Gestão Empresarial integrado

Um sistema ERP online garante que os setores da sua empresa trabalhem de maneira integrada e as informações sejam compartilhadas apenas com as pessoas certas.
Além disso, ele facilita a organização das informações e garante a segurança dos dados, com backups diários e atualizações automáticas, oferecendo toda a segurança dos sistemas de armazenamento em nuvem.
Com esse tipo de programa, você resguarda as informações do setor financeiro, do controle de estoque, de vendas, entre outras áreas da sua empresa.
A questão é que os backups ocorrem diária e automaticamente; assim, você não precisa se preocupar em salvar os arquivos nem com ataques cibernéticos ao seu negócio.

6. Invista na educação dos funcionários

A última dica de segurança da informação nas empresas está relacionada à capacitação de seus colaboradores. 
As principais ações que facilitam a invasão de hackers em sistemas de empresas também podem ser realizadas por funcionários que não conhecem as melhores práticas de segurança de informação.
Portanto, é importante que os colaboradores da empresa recebam instruções com as boas práticas desse segmento para evitar que cometam erros e coloquem a segurança da empresa em risco.
Aplique essas dicas de segurança da informação nas empresas e reduza os riscos de crimes cibernéticos com suas informações sigilosas!
Agora que você já sabe como melhorar a segurança da informação na web, compartilhe este post para que mais pessoas fiquem por dentro do assunto!
 


gabriela gestãoclick post segurança da informação na web

Autora convidada: Gabriela Vitória
Analista de Marketing da GestãoClick e especialista em Marketing de Conteúdo

Leia mais:

Qual é o verdadeiro impacto da tecnologia nas empresas?

BLiP: Conheça a plataforma de chatbots da Take

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: