6 estratégias para vender mais e sempre! Do preço ao chatbot

Aumentar as vendas e as receitas são objetivos de todo negócio. Entretanto, nem sempre é tão simples saber como aplicar boas estratégias para vender mais.

Há um provérbio africano que diz: “Quando a música muda, o mesmo acontece com a dança“.

Ele ilustra alguns aprendizados importantes: a importância de ouvir a batida e depois adaptar-se ao que está vindo em nossa direção.

Também é representativo da mudança na forma como os consumidores estão interagindo com produtos, serviços e marcas com as quais desejam se concentrar.

Resumindo, a forma como o consumidor compra mudou, e a sua empresa precisa se adaptar a isso se quiser continuar vendendo.

As empresas precisam ouvir atentamente seus clientes e seus comportamentos para que possam mudar suas abordagens para acompanhar essa batida.

A seguir, separamos 6 ações simples e efetivas que devem compor sua estratégia para aumentar as vendas. Confira!

6 estratégias para vender mais, e sempre!

1. Crie uma estratégia de marketing — concentre-se no digital

Uma das principais estratégias para vender mais é melhorar seu investimento em marketing. Mas quantidade não significa necessariamente qualidade, portanto, ter um planejamento estratégico de marketing se faz necessário.

Leia também: Reforce o seu funil de vendas e MKT com um chatbot

O monitoramento dos resultados maximiza suas vendas. Então, realize pesquisas de mercado para saber quais mensagens conversam diretamente com seu público.

Exiba anúncios em plataformas como Google Adwords, Facebook Ads e Instagram Ads, e faça promoções em redes sociais.

O marketing digital permite que você verifique os resultados durante a campanha antes de gastar todo o orçamento. Então, faça isso e pare tudo se achar necessário! Depois recomece com um novo planejamento.

Para acompanhamento de resultados, você também pode usar o Google Analytics e as próprias ferramentas de anúncios. Outras ações estratégicas de como aumentar as vendas com marketing são:

  • SEO;
  • marketing de conteúdo;
  • e-mail marketing;
  • SMS marketing, entre outras.

Entenda mais sobre as ações disponíveis em: “O que é marketing digital: 6 ações PRO [incluindo chatbot]”.

Quer mais dicas? Assista ao vídeo abaixo e comece a fazer seu plano de marketing:

2. Crie um exército de afiliados

O marketing de afiliados é uma estratégia para vender mais infalível, e a chave para lançamentos massivos de qualquer produto ou serviço.

Se você conseguir utilizar com sucesso um exército afiliado, poderá aumentar substancialmente suas chances de garantir qualquer venda. Isso é especialmente verdadeiro quando seus afiliados são influenciadores em seu campo.

Como você faz isso? Em primeiro lugar, deve criar um programa de afiliados e definir uma porcentagem que você está disposto a repassar da venda.

Alguns afiliados também podem direcionar quantidades substanciais de tráfego para seus produtos, serviços e ofertas. No entanto, nem todos os afiliados vão querer ajudá-lo a vender o que quer que você esteja vendendo. Você pode usar sites existentes para encontrar afiliados ou simplesmente construir seu próprio programa afiliado e fazê-lo por conta própria.

De qualquer forma, os afiliados podem certamente adicionar combustível em qualquer cenário de vendas. No entanto, investigar os afiliados certos é certamente a chave para o sucesso na área de marketing afiliado.

3. Revise suas estratégias de preços

Se o seu produto ou serviço é sensível ao preço, preste atenção especial às suas estratégias de precificação.

Descubra os valores praticados pela concorrência e aumente ou diminua seus preços com base no mercado e em suas metas. Reduzir seus preços também está entre as estratégias para vender mais — nesses casos, você tem menor margem e mais volume.

Além disso, aumentar seus preços pode criar um maior valor percebido na mente dos consumidores e aumentar suas margens.

Você também pode realizar ações de “queima de estoque” e liquidação como uma estratégia para aumentar as vendas em períodos de baixa procura por determinados produtos.

Abaixo, mais um vídeo que pode ser bastante relevante para a precificação de seus produtos!

4. Expanda seus canais de distribuição

A mudança ou adição da plataforma onde você vende seu produto pode aumentar significativamente suas vendas e receitas sem exigir alterações em suas ações de marketing ou preço de produto ou serviço.

Realize um estudo cuidadoso dos efeitos do uso de vendas online, distribuidores e representantes de vendas externos para projetar como cada método pode afetar seus volumes de vendas, margens de lucro e lucros totais.

Em alguns casos, novos canais de distribuição exigem suporte de marketing. Por exemplo, se você tem uma loja física e quer abrir um canal como e-commerce, será necessário criar ações de divulgação específicas.

estratégias vender mais

Fonte: Viver de Blog

5. Diversifique suas ofertas

Se você é uma empresa madura, talvez seja hora de adicionar novos produtos e serviços em suas estratégias para vender mais, criando um crescimento exponencial.

Faça uma pesquisa sobre produtos que seus prospects compram, mas que você ainda não está vendendo e que acha que pode fabricar e comercializar de maneira lucrativa.

6. Crie ações de gestão de atendimento ao cliente eficiente com chatbot

Vamos começar definindo os chatbots: são sistemas de comunicação automatizada que funcionam dentro de aplicações de mensagem, como WhatsApp, Messenger, sites, etc, e conversam com as pessoas via texto ou voz.

Os bots normalmente se enquadram em duas categorias principais: bots baseados em regras e bots com inteligência artificial. O primeiro responde a comentários e dúvidas pré-programadas e específicas.

Esses bots são incapazes de lidar com situações mais complexas, em que os padrões de conversação diferem das regras pelas quais eles são treinados.

Em contraste, o último é alimentado por inteligência artificial (IA), que permite lidar com comandos mais complexos, aceitar uma ampla gama de entradas do usuário, fornecer respostas personalizadas e evoluir com as conversas que tem com as pessoas ao longo do tempo.

Fornecer respostas em tempo real pode fazer toda a diferença quando se trata de estratégias para vender mais, por exemplo, por meio da conversão de leads. É possível compreender melhor essa ação no artigo: “Como usar chatbot para captar de leads, qualificá-los e convertê-los”.

Uma pesquisa da Inside Sales revelou que o tempo decorrido entre o envio do formulário de geração de lead e o contato de um vendedor tem um impacto direto sobre se os leads são convertidos em clientes:

  • A chance de converter um usuário em cliente entrando em contato com ele apenas 5 minutos após a sua conversão em lead é 100 vezes mais alta do que se você esperar 30 minutos.
  • As chances de qualificar um lead em 5 minutos é 21 vezes maior em comparação com 30 minutos.

Embora esses insights girem em torno do contato telefônico, ele destaca uma regra importante que se aplica em todos os lugares: independentemente do canal que você está usando para se conectar com seus clientes, o acompanhamento rápido é fundamental.

Os chatbots são uma ótima maneira de as empresas fornecerem respostas em tempo real sem incorrer custos substanciais de mão de obra.

Nos dias de hoje, em que um cliente tem acesso a dezenas de empresas, criar uma gestão de atendimento ao cliente eficiente é indispensável como estratégia para aumentar as vendas.

Com a Take, você pode criar ações de experiência do usuário através de sistemas como chatbots. Somos uma empresa especializada em criar ferramentas de apoio à interação com o cliente e às estratégias de comunicação na era digital.

Se você ainda tem dúvidas sobre para que serve chatbot ou questiona sua eficiência, acesse o artigo: “Chatbot Case: 5 casos de sucesso do uso da tecnologia” e conheça como essa tecnologia é aplicada, na prática.