Para você: Como o Bots4U mostrou que os chatbots vão ajudar todo mundo

Usuário. Cliente. Consumidor. Público. Seja qual for o termo, todos nós utilizamos produtos e serviços e, por isso, somos impactados por marcas a todo momento. O Bots4U, que aconteceu no dia 30 de agosto em São Paulo, nos trouxe uma certeza: O mundo é nosso!

O evento da Take trouxe palestras e discussões das mais diversas, mas todas reforçaram de alguma forma a importância de colocar o cliente em primeiro lugar, ouvi-lo e trabalhar para deixá-lo mais feliz e satisfeito.

Confira agora alguns destaques que fizeram do Bots4U uma grande experiência para todo mundo:

– Siri, por que eu devo ir ao Bots4U? – Porque eu vou estar lá!

A primeira surpresa para quem participou do evento foi a mestre de cerimônias: Regina Bittar, locutora que dá voz à assistente digital da Apple, Siri!

A Regina trouxe vida e interação para o evento, envolvendo os participantes nos intervalos e nos divertindo e impressionando toda vez que incorporava a Siri. Ela foi sucesso na nossa hashtag do Instagram #Bots4U, e sua participação mostrou como até as tecnologias mais rebuscadas só existem por causa de pessoas.

@take.brasil #bots4u Muito conteúdo #ia #voz #locução

Uma publicação compartilhada por Regina Bittar (@reginabittar) em

4Devs, 4Designers, 4All, 4U: Conteúdo pra todo mundo

O desafio de surpreender nossos 400 participantes de especialidades, empresas e setores diferentes era grande, mas o encaramos com 18 apresentações, 22 palestrantes e muito conteúdo!

Logo na abertura, um recado importante: Não é uma questão de SE, mas de QUANDO a sua empresa vai adotar a tecnologia dos contatos inteligentes, afinal, sua empresa precisa conversar com as pessoas desde o seu primeiro dia de existência.

Assim, nossos advocates Caio Calado e Rafael Pacheco abriram o ciclo de palestras, que trouxe insights para diferentes setores:

Comunicação

Provando que soluções conversacionais vão muito além da tecnologia, Liliane Ferrari trouxe uma palestra super rica sobre a importância das empresas se comunicarem com seus clientes da maneira certa.

bots4u exemplo palestra ldrv

Exemplo do grupo LDRV (Lana Del Rey Vevo), no Facebook, onde circulam milhares de memes, enquetes e relatos diariamente. A informação está onde o público está!

Ela reforçou que é necessário realizar uma mudança de mindset e dinâmica para esse processo, pois ouvir é mais importante que falar para conseguir ter uma conversa que faça sentido com o seu cliente e obter melhores resultados.

Tecnologia

Participantes interessados em conteúdos técnicos também foram contemplados com palestras sobre inteligência artificial, computação cognitiva, cloud, blockchain e mais.

Uma delas foi da Maisa Penha, Diretora de Cloud e IA da Microsoft, que falou sobre o impacto da IA para pessoas e empresas, além de esclarecer algumas dúvidas relacionadas à tecnologia.

“IA é bem mais sobre capacidades humanas do que sobre sistemas matemáticos.”

Para fechar com um exemplo prático, ela falou sobre como a IA já tem sido usada para a área da saúde e reafirmou que a tecnologia não vem para substituir os profissionais, mas para ajudá-los por meio de bancos de dados, automação de buscas e outros recursos.

Assistentes

Também tivemos as palestras do Newton Neto e Leandro Barbosa, do Google, falando sobre a evolução das tecnologias desse setor e perspectivas bem legais para o Assistant!

Como esquecer do caso do Google Duplex, em que a assistente marcou um corte de cabelo por telefone? No Bots4U, foram anunciadas algumas parcerias do Google com empresas que levarão esta possibilidade ainda mais longe.

Também foi falado sobre o DialogFlow, provedor de IA que em breve estará integrado ao BLiP! Sem dúvida podemos esperar novidades que irão facilitar demais a nossa vida.

Design de conversas

Para falar com os profissionais de design, também tivemos várias palestras interessantes. Com insights do mercado internacional, Joe Toscano, Diretor do projeto Design Good, falou sobre como as conversas são o modelo de interação do futuro.

Por meio de conversas, são os sistemas que precisam aprender a falar com as pessoas, e não o contrário. Assim, é possível trabalhar a comunicação via símbolos, construindo personas e, claro, escutando ativamente.

“É papel dos designers ouvir e entender o que as pessoas estão dizendo e recolher os insights que precisamos para respondê-las.”

Cases

Mas como aplicar todo esse conhecimento na prática? Dá resultado mesmo? Para sanar essas dúvidas, não faltaram cases e apresentações de produtos que vão ajudar as empresas na construção de suas experiências com bots.

Conhecemos a Mitsuku, a IA mais humanlike do mundo. Seu criador Steve Worswick falou sobre os desafios de construí-la e trabalhar em sua evolução, e ainda conversou com ela ao vivo no palco!

Além disso, Anand Arivukkarasu, do Facebook, trouxe dicas de como fazer marketing no Messenger. No final, ele anunciou a nova integração do BLiP à SugarAds, que vai ajudar os profissionais a promoverem seus bots na maior rede social do mundo.

messenger e take post bots4u

Parcerias como Facebook + Take são importantes tanto para empresas construírem suas soluções quanto para o resultado final apresentado aos usuários.

O Anand jogou a bola para o Serginho, CTO da Take, que apresentou o BLiP. Ele falou sobre a filosofia do produto, apresentou funcionalidades e vantagens da plataforma e deu dicas para construir, gerenciar e evoluir chatbots. Para ter acesso a tudo, é só criar sua conta gratuitamente no BLiP!

WhatsApp e o futuro dos canais de mensagens

Fechando o Bots4U com chave de ouro, tivemos uma sessão especial para falar sobre o WhatsApp Business API e sobre o futuro dos canais de mensageria.

O CEO da Take, Roberto Oliveira, apresentou sobre os casos de uso permitidos e o modelo de negócio do novo serviço, além de trazer algumas inspirações sobre como prosperar nesse mercado. A dica principal é: Foque em oferecer a melhor experiência ao seu usuário e o resultado virá.

Por fim, em um painel com Facebook, Gartner e clientes da Localiza Hertz e Grupo Recovery, entendemos que os canais de mensagem são, acima de tudo, uma forma de empoderar os usuários. Nós podemos fazer o que quisermos na hora que quisermos, e as marcas precisam entender o melhor momento e forma de conversar conosco sem serem invasivas.

“Resumo da ópera: Contatos Inteligentes são o futuro. Se a sua empresa ainda não começou a pensar em ter um Contato Inteligente, corra! Seus concorrentes muito provavelmente já começaram a pensar nisso e seus clientes definitivamente já estão querendo se comunicar de maneira descomplicada com a sua marca.” – Gabriel Queiroz, Key Account Manager na Take

Tudo sobre chatbots em um só palco

A principal inovação do Bots4U foi, sem dúvida, a sessão de palestras simultâneas. Eram dois palestrantes no palco, cada um falando sobre um assunto, e com um radinho e fones de ouvido os participantes sintonizavam no que preferiam escutar. Sem precisar mudar de sala nem mesmo levantar da cadeira; para aprender mais, era só escolher o canal.

My name is bot. Chatbot

E como não poderia faltar, o bot do evento também foi um destaque. Com navegação estruturada e IA, o Take.bot informou sobre a programação, enviou alertas sobre horários e ajudou na distribuição de brindes. O bot trocou mais de 13 mil mensagens no evento, sendo útil para 93% dos usuários ativos.

Quando decidimos chamar o evento de Bots4U, pensamos na variedade de conteúdos considerando o interesse profissional dos participantes. Porém, ao final do dia, percebemos que o nome não poderia ter sido mais acertado, já que, independentemente do seu cargo, setor ou empresa, você é um consumidor — e o mundo dos chatbots está indo exatamente na sua direção.

Você esteve no Bots4U? O que achou do evento? Deixe aqui nos comentários! E se quiser aprofundar ainda mais o seu conhecimento em bots, conheça o nosso curso BLiP Botcamp!


ana post bots4uAna Júlia Caires

Analista de Conteúdo na Take