Chatbot do Hospital Madre Teresa: Uma inovação na área da saúde

Quem nunca ficou impaciente com o tempo de espera ao telefone para agendar uma consulta médica? Ou ainda se questionou sobre a falta de praticidade para cancelar ou remarcar uma consulta ou exame?

Verdade seja dita: ninguém quer perder tempo, ainda mais quando se trata de saúde.

Foi pensando justamente nesse problema que o Hospital Madre Teresa, localizado em Belo Horizonte, procurou a Take. O desafio? Construir um assistente virtual que fizesse agendamentos, remarcações e cancelamentos online de consultas e exames. Confira este case de inovação com um chatbot na saúde!

Criando o Assistente Virtual

O HMT oferecia aos pacientes duas formas de agendamento de consultas e exames: eles deveriam se cadastrar e entrar no site da instituição ou teriam que ligar para o Call Center. Mas o time do Hospital Madre Teresa sabia que era possível oferecer mais praticidade, conforto e rapidez nesse serviço.

Norteados por essa missão, demos forma e vida ao Assistente Virtual, chatbot responsável pelo agendamento, cancelamento e remarcação online de consultas e exames.

E o que o Assistente Virtual do Hospital Madre Teresa oferece?

Disponível no site do Hospital (através do BLiP Chat) e no Facebook Messenger, o chatbot conta com navegação estruturada e integração com API Hospitale.

chatbot na saúde exemplo

Visualização do chatbot no site do HMT

Ele oferece aos pacientes de convênios ou particulares as seguintes funcionalidades:

  • cadastro dos dados no sistema do Hospital. O paciente faz o registro no próprio bot, sem a necessidade de acessar o site;
  • escolha de consultas e exames;
  • apresentação dos próximos horários disponíveis;
  • agendamento por horário ou médico;
  • confirmação do agendamento;
  • cancelamento;
  • remarcação;
  • e, por fim, ele faz uma rápida pesquisa de satisfação com o paciente.

Outra facilidade encontrada no Assistente Virtual são os lembretes: quando o agendamento é feito no bot do site, o usuário recebe um SMS com o lembrete do horário. Quando é feito no bot do Messenger, o paciente recebe uma push notification lembrando-o do compromisso.

Como esse chatbot na saúde está impactando as pessoas?

Para Frederico Siuves, gerente de TI do HMT, o bot tem sido uma ferramenta estratégica para digitalizar a comunicação da instituição.

“Para o  Hospital Madre Teresa é uma solução importante , pois comprova o pioneirismo da instituição na era digital.”, acrescenta Frederico.

Já para os pacientes, o Assistente Virtual do HMT tem se mostrado como uma ferramenta  útil: cerca de 80% dos usuários consideraram que o bot os ajudou.

Os números não mentem: até a primeira quinzena de setembro, 2.650 pessoas interagiram com a ferramenta, trocando 38.068 mensagens — sendo que 74,5% delas agendaram consultas e 25,5% marcaram exames.

E tem mais: a Associação Nacional de Hospitais Privados (ANAHP), destacou o Assistente Virtual do Hospital Madre Teresa como uma inovação na área de saúde, corroborando que é possível, sim, unir tecnologia, saúde e praticidade.

O que você achou da ideia de aplicar um chatbot na saúde? O mais bacana dessa solução é a sua versatilidade, o que permite que ela seja aplicada em diversas áreas, de diversas formas — saiba mais no ebook 5 aplicações surpreendentes dos chatbots. Faça o download gratuito e confira!

 

Leia mais:

Estratégia da empresa com chatbots: O que aprendemos no Bots4U

Chatbots para e-commerce: 7 vantagens indiscutíveis

Como implementar uma cultura de inovação na sua empresa?