Calabash Android – Instalação Parte 1

Vamos iniciar uma série de posts sobre automação de testes mobile utilizando Calabash Android. Neste primeiro post, iremos falar sobre a primeira parte da instalação das ferramentas necessárias para iniciar os testes.

Calabash é uma ferramenta multiplataforma que possibilita a criação de testes automatizados para os sistemas operacionais Android e iOS. Além disso, ele é open source e gratuito, desenvolvido e mantido pela Xamarim. Ele possui bibliotecas que permitem programar várias interações com aplicativos nativos e híbridos.

O Calabash utiliza o Cucumber, que permite descrever como um software deve se comportar utilizando linguagem natural. Ele serve para documentação e testes automatizados. O Cucumber trabalha com Ruby, Java, .NET, Flex ou aplicações web escritas em qualquer língua. Além disso, foi traduzido para mais de 40 idiomas!

1. Ruby 193

Para a criação dos testes automatizados, utilizamos a linguagem Ruby. Para isso, vamos começar fazendo o download do [RUBY 193]. Dê preferência para a versão 1.9.3, pois é a que tem o melhor desempenho no Calabash Android.

Ao instalar o Ruby 193, marque todos os checkbox e clique em Install.

Instalação Ruby193

Instalação Ruby193

 

2. Android SDK e Java SE Development Kit

O próximo passo é fazer o download do Android SDK e do Java SE Development Kit.

Faça o download do Stand-Alone SDK Tools através deste link.

Download SDK Tools

 

Depois, faça o download da última versão disponível do Java SE Development Kit por este link.

Download Java SE

 

É preciso instalar os pacotes Plataform e Plataform-tools. Para isso, abra o SDK Manager na pasta do Android e selecione esses dois pacotes para a instalação.

 

Pasta android-sdk

 

Android SDK Manager

Android SDK Manager

 

3. DevKit

Agora é preciso fazer o download do DevKit. Instale o DevKit na pasta do Ruby193, que você baixou anteriormente.

 

Download DevKit

Download DevKit

 

No próximo post, falaremos sobre a configuração do ambiente.

Até a próxima!

 

por Letícia Bomfin