Utilizando dispositivos reais e exemplos de automação com o Appium

Nos posts anteriores, vimos como instalar e iniciar um aplicativo em um dispositivo virtual. Agora, iremos começar a escrever o nosso projeto e rodar em um dispositivo real.

Para começar, precisaremos de conectar o celular na máquina. Para saber se ele realmente foi conectado, abra o prompt de comando e insira “adb devices”. Você vai receber a lista de aparelhos conectados:

img 1

 

Feito isso, inicie o Appium, clique na setinha localizada no canto superior direito e vá ao projeto que foi criado no post anterior, no Eclipse, e execute-o, indo em Run > Run As > JUnit Test. Com isso, o aplicativo vai ser instalado e inicializado no celular.

Para realizar a automação, devemos pegar alguma informação de cada elemento localizado na tela. Podemos pegar por id, class, xpath, etc e passá-los como parâmetro nos métodos, como nos exemplos abaixo:

driver.findElement(By.id(“org.telegram.messenger:id/start_messaging_button”));

driver.findElement(By.xpath(“//android.widget.EditText[@index=’1′]”);

Nos exemplos acima, pegamos no primeiro o id e no segundo o nome da classe e colocamos o número do index, que é a sua localização quando temos mais botões com o mesmo nome de classe.

Essas informações são retiradas do UIAutomatorView, localizado onde você instalou o SDK. Para saber mais algumas informações sobre outros elementos , é só clicar aqui.

Vamos lá! Com o Telegram aberto, vamos pegar um elemento de cada tela que precisamos usar para chegar até onde queremos.

Agora vamos abrir o UIAutomatorViewer. Ele está localizado onde você instalou o Android SDK dentro da pasta Tools.

img1

 

Com a ferramenta aberta, precisamos clicar em “Device ScreenShot” para que apareça todos os elementos da primeira tela.

img3

 

Ao clicar no ícone, irá aparecer a mesma tela que está em seu celular. Agora vamos pegar o id do botão “comece a conversar”. Para isso basta clicar sobre ele.

img5

 

Para as próximas telas, vamos pegar a classe em que vamos clicar ou simplesmente validar.

Esses são os passos que iremos realizar:

  1. Clicar no botão “Comece a conversar“
  2. Inserir o número de telefone
  3. Esperar que chegue o código de autenticação
  4. Inserir o seu nome caso seja a primeira vez que esteja inserindo o número.
    Se não, após a autenticação irá passar para a tela principal do Telegram.

Quando terminarmos de pegar todos os id’s ou classes que precisaremos, vamos criar o nosso código. Para isso, abra o projeto que foi iniciado no Eclipse do post anterior e insira o código a seguir:

img6

 

Ao final, o seu código deve estar assim:

img8

 

*Obs: perceba que no código tem uma parte para inserir o número do seu telefone.

Agora vamos rodar o nosso código!

Inicie o Appium e clique na setinha de Start. Vamos no Eclipse e clique em Run > Run as > JUnit test.
Ele será executado em seu telefone. Perceba que na tela abrirá uma nova tela com a execução do seu teste. Nele, poderemos ver se há algum erro ou se o código rodou com sucesso.
Se for com sucesso, veremos assim:

img9

 

Caso contrário haverá a barra vermelha indicando onde está o erro.

Fiquem atentos aos próximos posts. Vamos dar mais dicas para usar o Appium!

That’s all, folks 😉

[avatar user=”ingridy” size=”thumbnail” align=”left”]Co-autora[/avatar]