WhatsApp Pay: conheça o sistema que permite pagamentos pelo app

WhatsApp Pay

O WhatsApp anunciou uma nova função que permite enviar e receber dinheiro via o aplicativo: o WhatsApp Pay. A novidade já está disponível para alguns smartphones, e possui o sistema Facebook Pay como o facilitador da transação de pagamentos em todas as redes sociais e aplicativos da empresa.

A função pode ser realizado tanto entre pessoas físicas, por meio do WhatsApp convencional, ou por pessoas físicas-pessoas jurídicas, por meio do WhatsApp Business App. Para tanto, basta cadastrar um cartão de débito ou crédito de uma empresa parceira no Facebook Pay.

Quer conhecer ainda mais essa nova utilidade disponibilizada pelo Facebook? Basta continuar com a leitura!

Antes, como funciona o Facebook Pay?

Antes de entender, de fato, como o WhatsApp Pay funciona, é preciso conhecer o Facebook Pay, o sistema responsável por toda a transação.

Lançado em novembro de 2019 nos Estados Unidos, o Facebook Pay surgiu pela necessidade de facilitar o envio e recebimento de pagamentos em todos os aplicativos da empresa, como é o caso das redes sociais Messenger, Facebook, Instagram e, claro, WhatsApp.

O intuito é facilitar a experiência do usuário na hora de adquirir serviços, como jogos, tickets para shows, doações para caridade, etc. Ao cadastrar um cartão de débito ou crédito das bandeiras Visa, Mastercard ou PayPal (esse último apenas para os EUA), os usuários não precisarão repetir as informação ao decidir por uma compra, basta validar com um PIN apresentado pelo próprio Facebook Pay.

Outra feature especial é que o usuário pode cadastrar seu cartão, mas não precisa, necessariamente, habilitá-lo em todas as suas redes. Por exemplo, é possível utilizar no Instagram e WhatsApp, mas não no Messenger.

Até a conclusão deste artigo, ainda não há notícias de quando o Instagram receberá o sistema de pagamento.

Afinal, o que é o WhatsApp Pay?

Partindo para a grande novidade da vez, o WhatsApp Pay é uma modalidade que realiza transferências de valores via aplicativo. A solução pretende facilitar o envio e recebimento de quantias de valor médio para amigos, familiares e até mesmo empresas.

Os primeiros testes do WhatsApp Pay (Beta) começaram na Índia, em fevereiro deste ano.

Escolher o Brasil e Índia como países a testarem o WhatsApp Pay não é coincidência. No país localizado no Sul da Ásia, existem mais de 340 milhões de usuários registrados e ativos no app, fazendo da Índia o país que mais utiliza o mensageiro no mundo.

O Brasil vem logo atrás, com aproximadamente, 100 milhões de contas ativas. Para somar, o aplicativo já está instalado em mais de 99% dos smartphones ativos no nosso território.

O WhatsApp Pay será liberado gradualmente nos aparelhos móveis brasileiros nas próximas semanas.

Quais formas de pagamento são aceitas?

Como citado anteriormente, as formas de pagamento podem ser via cartão de crédito ou débito. No Brasil, apenas as bandeiras de cartão liberadas são Visa ou Mastercard. Até a conclusão deste artigo, os bancos participantes eram o Nubank, Banco do Brasil e Sicredi (que inclui a conta digital Woop).

Um adendo importante: a transação entre pessoas físicas podem ocorrer somente pela função débito. A função crédito estará liberada para a transição para empresas que utilizam o WhatsApp Business, para tanto, o Facebook Pay precisa estar configurado para “Receber pagamentos por vendas”.

Como enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp?

Ao configurar o Facebook Pay no WhatsApp, aparecerá um PIN de 6 dígitos, fundamental para confirmar o pagamento.

No ato da transação, há pequenas diferenças entre aplicativos com sistema operacional Android e iOs. No primeiro, basta clicar no ícone “Papel”, presente ao lado do símbolo da câmera na caixa de mensagem, depois digitar o valor a ser enviado e confirmar o PIN. No segundo, o iOs, basta clicar no ícone “+” presente também na caixa de mensagem e repetir a mesma operação do primeiro.

Essa transação também será permitida para grupos. Nesse caso, os membros pertencentes terão acesso às informações de pagamento.

Todas as transações terão algumas regras. Por exemplo, o usuário poderá fazer até 20 transações por dia e movimentar no máximo R$5 mil por mês.

O WhatsApp Pay não cobrará nenhuma taxa pelas transações, mas as instituições financeiras podem cobrar. 

Quer ver na prática? Confira um vídeo ilustrativo que o próprio WhatsApp preparou:

 

Como a Take atua no WhatsApp Pay?

Nesse primeiro momento, contudo, o serviço de pagamento está disponível apenas para o WhatsApp Business App, a versão para pequenas empresas.

Como Provedores Oficiais, estamos em contato próximo com o WhatsApp, e ainda não há previsão da disponibilização do serviço para a API

Seguimos reforçando, para o WhatsApp, o interesse de nossos clientes no serviço, e continuamos comprometidos em trazer para você, em primeira mão, qualquer novidade sobre o assunto ou sobre outras inovações.

Atualização: Banco Central suspende pagamentos pelo WhatsApp Pay no Brasil temporariamente

As instituições Banco Central (autarquia federal integrante do Sistema Financeiro Nacional) e o Conselho Administrativo de Defesa Econômica – Cade, suspenderam, temporariamente, as atividades do WhatsApp Pay em território nacional.

O motivo seria a prevenção de danos irreparáveis no que se refere à competição, eficiência e privacidade de dados. Essa medida aplica-se, então, às bandeiras Visa e Mastercard.

Em nota, o Banco Central declarou:

“A motivação do BC para a decisão é preservar um adequado ambiente competitivo, que assegure o funcionamento de um sistema de pagamentos interoperável, rápido, seguro, transparente, aberto e barato.”

O Cade, inicialmente, também havia banido o WhatsApp Pay no Brasil. Uma semana após essa decisão inicial, O conselho contatou que não foram encontrados motivos que justifiquem a manutenção da medida cautelar. Por isso, decidiu liberar a parceria comercial entre Cielo e Facebook.

Curtiu o WhatsApp Pay? Já pensa em utilizar a novidade nas próximas transações que realizará? Fale agora mesmo com um dos consultores da Take para sanar qualquer dúvida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Talvez você goste desses conteúdos também: