Quem somos

As pessoas querem dialogar com as empresas da mesma forma que conversam entre si: por mensagens!

Estamos fazendo desta visão uma realidade.
Roberto Oliveira, Co-fundador e CEO
Quem somos
A Take nasceu para fazer as empresas e pessoas conversarem melhor.

Com a nossa plataforma BLiP e metodologia própria de construção, gestão e evolução de contatos inteligentes, já inserimos marcas globais nos principais canais de mensagem através de chatbots.

WhatsApp, Facebook Messenger, Telegram, sites e mais: Revolucionamos estratégias de comunicação e relacionamento aproximando você e seu cliente.
One Step Beyond Um passo adiante

Um passo além

Prêmios, reconhecimentos e conquistas que diferenciam a Take:

• Provedor de Solução Oficial para o WhatsApp Business API
• "Cool Vendor in Brazil" da Gartner em 2017
• Fornecedora Oficial para o Messenger no Facebook Business
• Case global do Facebook com o chatbot para a Casas Bahia
• Parceira e case referência da IBM

Linha do Tempo

Nascemos no dia 29 de julho de 1999. Desde então, diversos acontecimentos marcaram nossa história. Confira os principais:
Fechar
1999

Ringtones

A Take já nasceu pioneira no mercado brasileiro de serviços de valor agregado (SVA) para telefonia móvel, criando uma série de produtos inéditos.

“Envie o nome da música para 250 e baixe o seu ringtone”. Essa frase representou uma revolução para a telefonia nacional e catapultou os negócios da Take.

Fechar
2000

Tangram

Tangram é um quebra-cabeça chinês que permite criar variadas figuras a partir de um número limitado de formas geométricas.

Baseado nesse desafio, o jogo passou a nomear a plataforma modular projetada pela Take para agilizar a integração entre o ambiente de produção de uma operadora e diversos serviços de valor agregado e aplicações móveis.

O Tangram esteve integrado a todas operadoras de telefonia do Brasil. Foram mais mais de 100 milhões de downloads na plataforma!

Fechar
2005

Atraímos novos olhares

A Take se tornou líder do mercado brasileiro de ringtones. Nosso crescimento de mais de 250% ao ano entre 2001 e 2005 chamou atenção de empresas de todo o mundo.

Assim, em 2005, o grupo japonês Faith Inc. adquiriu o controle da empresa para investir globalmente em serviços de mensagens.

Três anos depois, a Faith Inc. saiu do negócio de ringtones, e compramos a Take de volta para continuar nosso processo de inovação.

Fechar
2008

“Restartup”: SMS

Ainda em 2000, a Take enviou o primeiro SMS para um celular a partir de um computador fora do sistema de uma operadora.

Com a popularização do SMS, o serviço passou a ser utilizado não somente entre pessoas, mas também para comunicação corporativa. Foi quando, após a nossa recompra, reinventamos nosso negócio (recebendo o apelido de “Restartup”) e apresentamos o Torpedo a Cobrar ao mercado, além do Torpedão e do SMS de resposta paga. Foram mais de 500 milhões de mensagens a cobrar enviadas em apenas 3 anos!

Fechar
2016

BLiP

Depois de trabalhar com produtos e serviços dos mais diversos e seguindo nossa missão de facilitar as conversas entre pessoas e empresas, construímos o BLiP, plataforma para construção, gestão e evolução de chatbots.

O BLiP integra o que há de melhor no mercado para o desenvolvimento de soluções conversacionais e está posicionando a Take e nossos clientes em um caminho muito promissor.

Cases de Sucesso

Conheça marcas que já transformaram sua comunicação digital com a Take.

Chatbot para espalhar amor em forma de gelato

No Dia dos Namorados, o estoque especial de gelatos da Bacio di Latte, previsto para o mês inteiro de junho, acabou.

O motivo? Uma promoção de distribuição de “gelatos elegantes” via chatbot no Facebook Messenger - criado pela Take. Ao interagir com o bot, os usuários podiam criar uma mensagem personalizada para seus cônjuges, namorados(as), “crushes” e até mesmo amigos ou familiares.

As pessoas podiam distribuir gratuitamente quantos vouchers quisessem, e quem recebesse podia buscar um gelato grátis na loja no dia 12/06/18.

Como resultado, mais de 1 milhão de pessoas foram impactadas pela promoção via Facebook Ads, que as direcionava ao bot. Foram mais de 64 mil vouchers e mais de 3 toneladas de gelato distribuídos. Dessa forma, a Bacio di Latte gastou cerca de 50% menos com mídia do que no Dia das Mães.

Chatbot para espalhar amor em forma de gelato

Take.Blog

Conheça nosso blog e aprenda mais sobre chatbots e novas tecnologias

Inscreva-se em nossa newsletter

Receba as principais novidades sobre o mercado de tecnologia e inovação no seu e-mail.